E-BOOK MENINAS SUPER POÉTICAS

sexta-feira, dezembro 11, 2009

Portugal



PORTUGAL


Um prêmio para a solidão
Abraços ao coração
Aplauso para o artista do amor
Vaias para os que nos deixastes sôfregas
trêmulas e sem rumo
Cores avesso
Perdi no encanto dos teus olhos
Vibrei de emoção
Curvei diante das cores mil
Reverenciei a figura do acaso
Tentei com abraços alcançar o fruto dos meus sonhos
Nada é obscuro quando se ama
A cor do nada existe?
Porque vejo a cor mais bela que o amor?
A cor me alegra e nunca entristece
Atirei pedras no espaço
Levantou poeira e pedaços
Rastros
Espaço vazio
Pelas as ruas de Portugal andei
Com a história tropecei
Difícil fora reconhecê-la
Mãe sem filhos
Terra de ébrio e fulanos
Não se sabe, ao certo, o pano de fundo
O pano que a história deixou
Poemas
Loucuras
Delírios
E perigos de amor...
Como poderia descrever a terra que meus pés não pisou?
Oh triste seria cometer um engano ao falar do teu pano
Teu pano de amor
Oh Portugal!
Nunca fostes meu
Vinho e vinhas embriagam a tua beleza
Deixastes pelas as ruas aqueles que sobejaram o amor...
Cometi um engano ao falar do teu pano, e, dos filhos sem mães ,e, dos tais fulanos?
 Pudera tu ser o que o sonho me contou.
Oh Portugal, terra que meus pés não pisou!

Elizaete Ribeiro

quinta-feira, dezembro 10, 2009

MUY BIEN



Eu perco-me a pensar e imaginar como será, o gosto de seus lábios bonitos.
Se grave, é que são vermelhas como folhas,
deve ser eternamente doce. ke penso também na sua pele deve ser somo seda macia. Acho que você é a descrição mais explícita da palavra beleza ...

By,

Elizinha

terça-feira, dezembro 08, 2009

CINZAS


Foto: Júnior


Eu perdi o rumo da história, mergulhei mundo a fora, para tentar esquecer o hoje e o agora, a sensação liberada das emoções me deu asas de águia.  Da fraqueza tirei força.

Por favor, eu não quero mais sentir essa tal de dor, dor de amor.
O meu coração a ti entreguei, cuide das minhas emoções, dos meus sonhos. 

Agora vejo entre as frestas dos meus dedos, esvaindo o desejo que restou.
Eu recordo dos dias que sorrir, que me alegrei, regozijei com as mensagens, como elas me tocaram, me levantaram das cinzas, me devolveu a força de acreditar. 

E agora emudeceu o sonho, escureceu os olhos, janelas da alma, te entrego os pedaços que sobrou.
Essa ausência me tirou o chão, e apagou o sonho de ter o conforto de teus braços.
Restaram cinzas de dúvidas, sopradas pelo vento de esperança.


Elizaete Ribeiro 

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Dueto imaginário - Amantes distantes


Seria maravilhoso uma sintonia de amor, dois corpos numa mesma sincronia, o calor abrasador do desejo, rompendo toda barreira da solidão.
 No encontro das águas tranquilas, na quietude do prazer, no encanto natural da natureza, no balancear do vento, aonde o sonho dar vazão a realidade de dois Corações (Completando) na loucura da paixão, bailar e bailar no som do amor. 

Completa o sonho...

Dios mio lindíssimas palabras, eres única incrível, você me inspira, tão distante, e consegue me inspirar, tu me enamoras, el alma y me haces volar con el corazon...

Essa sensação é o combustível que dar impulso para voar rasgar os céus, e conquistar alturas, isso prova o quanto precisamos do outro para completar a alegria na alma,

Ven, te necesito para que le des sentido a este corazon!
O teu Coração tem sentido, es muy especial e sensível ao amor, os teus sonhos são belos, cada vez me enamoras mais es minha inspiracion, desperta me emoções, e me enche de sonhos de vida, e o mais belo, compartilha a música comigo, es bela, encantadora.

Não conheço o caminho, como irei? Como posso de mim ter dando se nunca o conheci?
Apenas no sonho que sonhei.

Y tu eres mágica, me encantas, me enloqueces, sinto na pele a sensação inebriante da tua magia, o desejo exalando dos poros, dando vida a imaginação, sentir o pulsar do teu peito.

Uffffffffffffff
muy lindo
eres especial, sabias? Quisiera tenerte aqui

Se falasse a minha língua, entenderia os teus anseios
Oh, quisera ter também a tua presença!

Dios mio! porque existen las distancias para estos dos corazones?

Esta distância dar valor ao sonho, é bom saber, que à quilômetros de distancias existe um Coração igual, com sede de compartilhar o sonho de amar, isso alegra a alma, adoça a vida.
E o sonho não acabou, fantasia de lugar tranqüilo, apenas começou.

Completa o sonho...
Ao pulsar no peito o desejo de amar




Elizaete Ribeiro

sábado, novembro 28, 2009

HOJE


Hoje desejo um abraço que disfarce a solidão,
um sorriso que alegre meu coração
porque o dia de hoje nasceu simplesmente radiante,
um sol encantador, um clima envolvente 
Até passou uma andorinha e gritou meu nome,
sobrevoou o céu do meu teto e dispensou pétalas de
rosas sobre meus sonhos.
Hoje, o dia nasceu simplesmente radiante


Elizaete Ribeiro

...

...as vezes não temos razões para sorrir...mas as vezes a solidão e o silêncio nos enobrece...

By,

Elizaete Ribeiro

ILUSÃO


SÃO PAULO, 24 DE novembro DE 2009
Entre mil soluços esbravejo teu nome, essa dor que me consome.
Foram os beijos e abraços um pequeno disfarce, que na ilusão criei, eu amei você na tênue luz do dia.
Procurei uma forma de não sonhar e de riscar você dos meus sonhos, parte de mim lançado fora, se a vida fosse embora, procuro-me entre milhões e não me acho, parto de dor por causa da ilusão que ficou até um dia me encontrar, ressurgir das cinzas pedaços de mim, o que de belo tem a beleza? Atraí sempre a tristeza, e seguem juntas enfim...

FRESTAS


São Paulo, 23.12.09
Procurei tempo para ser feliz
Procurei tempo para dar sentido
Procurei tempo para desabafar da vida
Procurei tempo para lembrar dos amigos
Procurei tempo para perder sem perigo
Procurei tempo, tempo de amar
Procurei tempo, tempo de me afastar
Esperei por momentos, e eles não aconteceram
Sonhei sem tormento mas a alegria não veio
Sobraram apenas pegadas, marcas passadas
Espaços vazios entre frestas de abraços
Procurei tempo, e no tempo fiquei.

Hoje busco entre abraços
Busco nos laços a lembrança
que cultivastes na caminhada,
entre um percurso e espaços
intervalos incontidos de desencontros,
Hoje busco entre os fatos o sorriso que afastastes os sonhos,
hoje busco esta busca entre os espaços
Que criastes no espaço da expectativa, busco a face que o belo sorriso esboçou
Hoje busco entre vales e montanhas essa insana de ter um dia o teu amor
Hoje busco a resposta por ignorares o meu carinho
Procuro preencher o espaço que formaste na espera do teu amor
Uma face que meus lábios afagou
Quem sabe o amanhã não te traga de volta
Eu abro a porta e entra a resposta do seu amor
Não desistirei desta busca que me expulsa de sentir amor
Nuvens de lembranças ficou

Melancolia de amor

Melancolia de amor
Hoje 06.08.09 , coração sozinho ficou, senti saudade de um amor
Que aos poucos me conquistou, hoje o dia fora esquisito, embora o sol nascera bonito, a solidão alcançou o meu coração, e vazio ficou a espera do teu amor, é uma espera sem esfera, como será conquistar o teu amor! Difícil seria não viver um dia o que falou, mas entardecer se ia a alma vazia que perder o seu amor
Como contos ao vento, breve momento que eterniza...

Só hoje eu entendo quem sou, ví a dor que ecoou no vazio do homem,
e alma com fome, fome de amor, não implores o meu amor, apenas o ame, infame desalento que queima por dentro, voraz e cruel, amargo como fel, é a infâmia da dor. Não queria fantasiar o dia que o telefone não tocou, e o desejo de dizer alô e ouvir tua voz suave, doce amado
esbanjando amor, oh dia! Como eu queria ser tua fantasia, fantasia de amor, porque estou nessa melancolia tentando justificar um dia esse tal de amor, envenena a alma e contamina a calma e o pobre coração calou, calou de agonia, agonia de amor, cansei de escrever sobre delírios e desvarios que provocou esse amor...mas um dia entender se ia aquele que amou!
Não me julgue séria por ter perdido a fera que um dia despertou

Só entende a dor aquele que já perdeu um amor, como estremeceu coração e gemeu de paixão, é que sabe como são esse momento de dor, posso contar em versos e reversos aquilo que me estremece e me causa tanta dor.
Só queria ser um dia uma doce melodia para encher de alegria a tua vida vazia, ou talvez uma pequena nota me tornaria e despertaria um acorde por dia, assim seria para sempre uma melodia, um tom e acordes sem contas, mas alcançaria o teu coração que tão distante ficou, ficou porque não acreditou que pudesse ser amor, numa canção tornaria aquilo que um dia podia ser amor!

10.08.09
Cansei de escrever canções que demonstre a sensação de como estou, queria viver um dia, sem essa tal nostalgia de incerteza, que minha alma alcançou, pudera ser poeta não ficaria tão quieta em momentos de dor.

terça-feira, novembro 24, 2009

A voz do meu destino!



Talvez seja a última vez que eu a vejo, seja o último sorriso que eu desejo,
a última voz do meu destino, seja a história se repetindo, o olhar tão verde, que a luz da memória esbraveja, a alegria te veja e salte de prazer.
Minha amada Bisavó, que da vida se refina, conta o prazer de andar com passos firmes, na tua face vejo os traços dos anos, mas eles não roubaste a beleza do teu olhar, entre as linhas dos planos de Deus, sinto teu coração pulsando, e a vida celebrando.
Do ventre fértil, lindas pérolas expelistes, deu vida e amores, em meio a mares e cores, a vida coloriu, aprendi com os teus passos, a leveza dos pássaros, a riqueza dos pastos, que me encantou, a vida assinada pelo o autor, e tu és a obra mais bela que admirei, o bocejar do teu sono, velei. Pela a janela quantas vezes contemplei a autoridade em tuas mãos, entrelaçadas entre fios, fortes e firmes. Quero o abraço cumprido, o embalo dos teus abraços vividos, cheios de experiências, ver teu lindo rosto, será história para contar, e laços para amar.
Matar essa distância que nos consome, belo será quando os meus lábios pronunciar o teu nome. Uma das pessoas que me motiva a sonhar e a viver, é você... me faz dançar sobre os sonhos e a celebrar a vida sem ilusões, tem base, tem pilar, contigo aprendi a força de amar, sempre me encorajou a viver e a lutar, e me ensinou que a força de um sorriso é mais belo que um luar. Que nem os 110 anos foram capazes de te parar.

Publicado na 5 Antologia - Lembrança ao Vento, pela editora Beco dos Poetas

quinta-feira, novembro 19, 2009

/º/º


Anseio perdido
Força medida
Atitude espontânea
Vislumbre de uma visão
Estranha sensação
Solicitude desejada
Excesso de expressão
Carinho sem mãos
Sentimento sem resposta
Erro sem concerto
Reflexão tardia
Arremesso sem rumo
Ilusão sem óptica
Vida sem porta
Sonho sem volta
Renúncia
Recomeço
Amanhã esperado
Palavras medidas
Olhar sem brilho
Faces
Pensamentos avulsos
Saudade sem nome
Tudo isso me consome

By,

Elizaete Ribeiro

SOLIDÃO


Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo… Isto é carência.

Solidão não é o sentimento que a gente experimenta pela ausência das pessoas que a gente ama e que não podem mais voltar… Isto é saudade!
Solidão não é o retiro voluntário a que, muitas vezes, sem saber, a gente acaba se impondo só para realinhar os pensamentos… Isto é equilíbrio.
Não é aquela pausa obrigatória que o destino manda compulsoriamente, para que reveja a nossa vida… Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado… Isto é apenas uma circunstância.
Solidão é muito mais que isto… Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos. E procuramos, em vão, pela nossa alma!

Chico Buarque

quarta-feira, novembro 18, 2009

Paranóico!

Fabriquei na imaginação uma paranoia, como pode ser isso? 
Bom ainda não sei, não descobri. Possibilidades?

Inúmeras, diversas tentativas... Delas vive o homem, isso é quando não morre de fome. 

Mas, que tipo de fome?
Fome de sonhos... De privilégios, de alcançar o sonho desejado. 

Tomara ver!

Ah! Ver o quê? Uai, vê o o sol nascer.  Bem que poderia ser, quem sabe o sol nascer quadrado. 

Vá pra lá com tua paranoia, deixa eu cá, ver o sór nascer agoia.
Dimirado sô, tem louco pra todo lado, óí, e veja com os própro zoios. 
Queria memo ver o sór banhar o rí, mas cum ocê aqui falano, atrapaia todo o meu sonho...

Louco, insano, deixa disso sô e comi, senão tu vai morrer de fome.
E o sonho não passou de sono, imaginação, P a r a n o i a.




Elizaete Ribeiro

Lo sabias?



A poesia nos dar asas e toma vôo nas asas da imaginação, mas a realidade nos acorda...vem a realidade e nos afronta, bom seria ter isso um dia... eu preciso de presença, algo real, toque...proximidade...você está aqui, gostaríamos de ir para um lugar fresco para descansar...Eu vejo em você um objetivo, eu criei uma ilusão ilusória, muito valioso, embrulhar-me na sensaçao de liberdade, e mais importante me deu de volta o desejo de escrever. Sim, eu entendo desde o primeiro dia que te vi, eres my especial, lo sabias? ser complicado, é claro, porque nesta fase da vida, aqueles artistas que tem sensibilidade quase desapareceu, por isso eu digo um pouco complicado, mas a sua alma é uma grande fábrica de bons sentimentos, ou seja, eu acho que seria como andar na rua onde eu nasci e cresci, seria com o meu tipo, um ar de saudade...


By,

Elizinha,

Expressões matemáticas em inglês


É muito comum a necessidade de pronunciar símbolos e expressões matemáticas em inglês. Muita gente se confunde na hora de falar os símbolos da matéria mais temida pelos estudantes. Hoje vamos aprender a dizer expressões matemáticas com as operações básicas. Confira:

+ (plus)
- (minus)
x (times/multiplied by)
÷ (divided by)
= equals/is
% per cent (em inglês americano percent tudo junto)
4² (four squared)
7³ (seven cubed)
810 (eight to the power of ten)
√ (square root of)

Veja como utilizar:

10 - 3 = 7 (ten minus three is seven)
5 + 4 = 9 (five plus four is nine)

Vai aí um desafio, envie nos comentários a expressão abaixo por extenso.

7 x 4 ÷ 2 = 14

Agora é a sua vez!

EXPRESSÕES EM INGLÊS 2

1. Flamenguista, Corintiano, etc: Flamengo fan, Corinthians fan, etc.
Ex: He´s a Vasco fan. (Ele é Vascaíno.)
2. Virar o jogo: Turn the game around
Ex: They turned the game around in the second half. (Eles viraram o jogo no segundo tempo.)
3. Ir por água abaixo: Go down the plughole.
Ex: Everything went down the plughole. (Foi tudo por água abaixo.)
4. Dar trabalho: Be a lot of work.
Ex: Being a mother is a lot of work. (Ser mãe dá trabalho.)
5. Deixar na mão (recusar a ajudar): Turn sb away
Ex: They never turned us away. (Eles nunca nos deixaram na mão.)
6. De luto: In mourning
Ex: He was in mourning. (Ele estava de luto.)
7. Dos outros, alheio: Other people´s
Ex: Don´t use other people´s things. (Não use as coisas dos outros.)
8. Atrapalhar: Get in the way
Ex: It was getting in the way of me enjoying life. (Isto estava me atrapalhando a aproveitar a vida.)
Ex: The noise got in the way of him writing it. (O barulho atrapalhou ele escrever.)
9. Chegar (Chega de comer, falar,etc.): That´s enough eating, talking, etc.
Ex: That´s enought drinking! (Chega de beber!)
10. Ser melhor, seria melhor: Had better
Ex: You´d better go now. (É melhor você ir agora.)
Ex: I´ll bring it next week. You´d better!. (Vou trazer semana que vem. É melhor mesmo, acho bom!.)
11. Deixar no chinelo (ser muito melhor): Put sb/sth to shame
Ex: His team put ours to shame. (O time dele deixou o nosso no chinelo.)
Ex: She puts us to shame. (Ela nos deixa no chinelo.)
12. Altas horas(tarde da note): The small hours
Ex: We talked until the small hours. (Nós conversamos até altas horas.)
13. No limite: At (my, your, etc) limit
Ex: I was at my limit. (Eu estava no meu limite.)

EXPRESSÕES EM INGÊS 1

1. Recomeçar: Start over
Ex: It´s never too late to start life over. (Nunca é tarde para recomeçar a vida.)
2. Espinhas: Pimples
Ex: Chocolate gives you pimples. (Chocolate dá espinhas.)
3. Engordar: Make sb fat
Ex: Soda makes you fat. (Refrigerante engorda.)
4. Mandar: Be the boss
Ex: You´re not the boss of me. (Você não manda em mim.)
5. Acordo, trato: Deal
Ex: A deal is a deal. (Trato é trato.)
Ex: Let´s make a deal, you make dinner and I´ll buy the soda. (Vamos fazer um trato, você faz o jantar e eu compro o refrigerante.)
6. Fazer por merecer: Earn
Ex: You´ve earned it. (Você fez por merecer.)
7. Por mais que: However much
Ex: However much I want to, I can´t stop going there. (Por mais que eu queira, não consigo parar de ir lá.)
8. Justificar: Justify
Ex: They´re young, but that doesn´t justify it. (Eles são novos, mas isso não justifica.)
9. Fazer por onde, fazer por merecer ( algo ruim): Have it coming
Ex: He had it coming. (Ele fez por onde.)
10. Entregador (de pizza, flores, etc): Delivery man
Ex: The pizza delivery man missed work. (O entregador de pizza faltou ao serviço.)
11. Atrasar (pagamentos, trabalhos, etc): Be late with
Ex: She´s never late with the salary payments. (Ela nunca atrasa o pagamento dos salários.)
Ex: They were late with the rent. (Eles estavam atrasados com o aluguel.)
12. Realizar (sonho): Come true
Ex: I´ll make your dream come true. (Vou realizar o seu sonho.)
Ex: I hope your dreams come true. (Eu espero que seus sonhos se realizem.)
13. Dar dinheiro (ser lucrativo): Make money
Ex: Does it make money? (Isto dá dinheiro?)
Ex: Do you think it will make money? (Você acha que isto vai dar dinheiro?)

FATOR DE LEGIBILIDADE DO TEXTO (TEXTO QUE FAZ SENTIDO)

TIPOS DE COERÊNCIA:
Semântica --> O léxico deve ser coerente com o texto...
Sintática --> Ordenação Correta dos elementos na frase, ex. Pronomes, Conectivos, Verbos, etc.
Estilística --> Estilo de linguagem adequado ao público e a situação.
Pragmática --> Que todos os participantes do discurso estejam falando do mesmo assunto.

Obs.: Os 4 elementos da Coerência citadas anteriormente, contribuem com os fatores de coerência (grupo de condições responsáveis para que o texto se apresente de forma coerente).

By,


Elizaete Ribeiro

terça-feira, novembro 17, 2009

As nuvens não passou de um sonho!



Quero um mar para me afogar, uma caverna para me esconder
Quero uma nova identidade, vou enlouquecer de saudade, vou enlouquecer de tanto sonhar, vou enlouquecer de andar nas nuvens, vou enlouquecer quando acordar e descobrir que estou no chão, vou enlouquecer, se tiver que esperar, as nuvens não passou de um sonho.


By,

Zazá Rib

segunda-feira, novembro 16, 2009

FOI VOCÊ MESMO?


Foi você mesmo que me escreveu todas as mensagens off?
Foi você mesmo que enviou os sms?
Foi você mesmo que recebeu as minhas respostas?
Me pergunto foi você mesmo? Foi você mesmo?
Me fez sentir saudade do que nunca tive
Foi você mesmo que me escreveu lindas mensagens de amor, até um beijo com a volta no espaço enviou? Se foi você mesmo sinto em dizer encrencado você ficou! Acabei de ti denunciar no tribunal do amor. De saudade o meu coração não agüentou, não U.T.I estou sofrendo desse mau, mau de amor. Se foi você mesmo, me regaste por favor!
Só podia ser um sonho!
E eu acabei sonhando, sem querer acordar, sonhando, a cada dia, sonhando...ser medo da dor...


By,


Elizinha

Apimenta meu viver!


Tento excluir o dia que te conheci, o dia em que o meu olhar encontrou o teu, mas não consigo imaginar meus sonhos sem você.
Você apimenta meu viver, torna os meus dias mais vivos, dentro de mim há muito de ti...
Você me ensinou a observar o trafego das formigas, o caminho das gentes, a amar o silêncio e contar o que sente...


By,


Elizinha

EU FIQUEI ASSIM!


Há propósito, em tudo sua graça é infinita
Até mesmo nos percalço da vida

Quando há promessa, lembramos que Fiel é o que prometeu
Não desista de mim
Meus sonhos almeja a conquista
Não desista de mim
A minha alma anseia por ti
Há planos sem realizações
Há sonhos sem interpretações
O que será de mim sem ti
Ai meu Deus será o fim
Não desista de mim, não sei viver sem ti
Tu és o meu inicio meio e fim
Deus cuida de mim

Vegeto nesse sentimento dias sem ti
Alimento a cada manhã
Mas a esperança me desgasta
Quando a me pede calma
A ilusão me consome, me tira o sono
E rouba a chance de acreditar
Olha pra mim
O que tenho eu de ti
Olha pra mim
Eu fiquei assim
Sem força de lutar por ti
Falta uma atitude
Vê se não me ilude

Na lembrança, na espera...

By,

Elizaete Ribeiro

Saudade Insistente!



Ai que vazio, que saudade!
Fujo da rotina pra ver se te esqueço
mas tua doce lembrança me persegue
ouço o meu próprio riso pra me convencer
que estou feliz, a saudade aperta
deixando um alerta que nada me
fará esquecer você....é Romeu se tu não me responder,
vai ser assim, eu fugindo de mim, até um dia isso ter um fim....
queria me afogar no mar do esquecimento
tirar do coração todo esse sentimento,
quem me cativou me faz chorar...
gritei pela a janela o seu nome
o céu se abriu, entre pétalas de rosas andei
chutei as folhas secas, fotografei uma borboleta,
admirei uma orquídea mas os teus sonhos não alcancei
O eco voltou pra mim e a minha voz aos teus ouvidos não chegou
que triste fim, eu aqui pensando em ti....pobre de mim...


By,

Elizinha

quarta-feira, novembro 11, 2009

Rio

Eu rio de tudo
até da dor
da verdade que sou
Eu rio até do jeito que sofro
Da seriedade dos fatos
de todos os relatos
Das alegrias
Dos prantos
Dos momentos de prazer
Rio e Rio
Até virar correnteza....

By,

Zazá Rib

Arquiteto imprevisível


Arquiteto imprevisível
O amor não está no toque da pele
No afago do rosto
No sussurro da voz
No abraço demorado
Nos lábios que se encontram
No relance de um olhar
Nas mãos que se aperta
Na quantidade de encontro
Na renúncia de uma tarefa
O amor é mais profundo
Existem valores maiores
O ápice do amor está
Numa saudade incompreendida
Nos sonhos compartilhados
Na sensibilidade
Na cumplicidade
No desejo sonhado
As vezes procuramos tanto
Esperamos tanto
Ele passa em momentos que não pensamos ou esperamos
Não arquitetamos esse momento, ele se projeta sozinho
Como o fruto do acaso, esse é o plano perfeito
Caí como pano de fundo em nossos corações
A tela que pintamos a vida inteira exposta no nosso caminho.
Dependem da nossa sensibilidade de admiração para percebe la
E senti-la com o coração da alma
É assim o amor para os que o esperam

By,

Elizinha

terça-feira, novembro 10, 2009

É!

É! e ficou a sensação de vazio, veio o frio da saudade,
pensamentos incapazes de te esquecer, é,
impossivel equecer teu rosto meigo
teu sorriso em meio ao desejo.
Dilúvio de emoçoes...
Você me conhece perfeitamente
você sabe meu olhar
meu sorriso minha voz...


By,


Elizinha

segunda-feira, novembro 09, 2009

FALTA

publicaria um livro com a falta que você me faz
descreveria nele a sensação da saudade
sou um pedaço de ti
não tem para aonde fugir
eu sou a saudade que grita teu nome
sou o esquecimento que não te esquece
me deixas nessa tortura sem fim
as vezes penso que é sim
mas a ausência diz não
sigo os dias na expectativa
Pedaços, retalhos de um Coração
vida sem sensação
ilusão sem rosto
tudo isso é fruto da saudade
entre linhas escritas e insanas sensações
descrevo - te
desnaturado por natureza
........................................

Elizinha

ROMEU!

Eu admirei as estrelas, busquei entre elas uma que me alegrasse,
mas a nenhuma encontrei.
Busquei no silêncio da noite quietude, mas não fora suficiente para me acalmar
Busquei a beleza do luar, numa noite enluarada, mas não te senti lá.
BUSQUEI a beleza do teu olhar, mais apenas saudade e distância encontrei.
Busquei um coração que me compreendesse, por fim andei entre milhões,
impossível, não encontrei! Continuei só, incompleta e solitária
E hoje o sol insiste em me alegrar, embelezar o dia
mas a única coisa que ele consegue é me fazer lembrar seu rosto e seu belo olhar, que sorriso!
Encontrei você em mim...
Eu só pensei que te amar fosse bom...
Eu acreditei em todas a palavras escritas
Senti vida nelas, meu corpo fora tomando por cada sensação
e ainda sinto e ouço o sussurro da tua voz
Oh! saudade que me consome!
Ela tem só um nome ROMEU!


By,

Elizinha

A tela da vida

A tela da vida
a dor esquecida
vivendo a vida bela
sem se esconder da janela
observando a gente que passa
sem tropeçar na bagaça
é assim que a banda toca
sem se esconder numa paçoca
e você fica na noite fria
esperado um cobertor que não via
congelando lá fora
em busca de uma nova história
vê se toca
vira o rosto e dê meia volta
vai se deparar com a porta
se ela estiver aberta
entra e faça a festa
não tenha medo da noite fria
veja nas estrelas a alegria
da luz da lua que alumia
entre vinhos e vinhas
tudo vira a esquina
uma estrada sem volta
vira as costas
sem a resposta
que a vida espera
leva a mala da experiência
troca entre praças e ventos
o que restou do sofrimento
entre guerras e conquistas...

Elizinha

Saudade

A noite denuncia tua falta
E o dia confirma a tua ausência
As horas conta a saudade
E os segundos ficam mais longos
Na expectativa sem fim
Se entendesse o meu sentimento que o
Fruto do acaso criou não ficarias um segundo sem pensar em mim...

Elizinha

Solidão

Quando ele não vem
esse espaço aumenta mais ainda
mas o que isso importa pra ele
se ao menos pudesse sentir o meu coração
se ao menos ouvisse o meu grito de solidão
se ao menos sentisse minha petição
petição para ser amada, desejada, querida
se ao menos ouvisse o gemido do meu coração
o sussurro da minha alma

Elizinha

Rosa Solitária

Rosa Solitária
Elizaete Ribeiro

Você é o poema mais belo que a vida criou
Tu és a mais bela criatura e te chamo de amor
Decidida estou
Esquecer a dor
Deveras sonhei e por tempo alimentei esse sonho de amor
Poema apenas ficou
A lembrança do que viera a ser amor
O sol despertou o ciúme e a lua ficou sem rumo
Quando o adeus no espaço ecoou
O universo inteiro calou
Tamanho foi a dor daquela que sonhou
Sonhos, sonhos e sonhos
Quem pudera entender
O que vem a ser sofrer
E lutar por alguém que está
Sem pensar em você
Mesmo sem querer o amor vem sem perceber
Sem pedir
Amor insano
Veio sem plano
Mexeu nos sonhos
E rosa solitária deixou

Elizinha

quinta-feira, outubro 29, 2009

EU SOU

Eu sou um gesto uma voz
Eu sou voraz e feroz
Eu sou a tumba do amor
Eu sou o silêncio da dor
Eu sou a brisa do vento
Eu sou a saudade que te alcança
Eu sou um sonho que alguém sonhou
Eu sou um sonho que nunca se realizou
Eu sou um sonho que povoa o amor
Eu sou um sonho é isso que sou
Eu sou um sonho que ninguém acreditou
Eu sou um sonho que morre de amor
Eu sou um sonho tão real quanto eu sou
Eu sou um sonho que quer o teu amor
Eu sou um sonho que muitos tenta e não sonhou
Eu sou um sonho e acredito no amor
Eu sou um sonho mais nunca desisto do que sou
Eu sou um sonho e sei pra aonde vou
Eu sou um sonho e estarei onde estou
Eu sou um sonho quero o teu amor
Eu sou um sonho tão doce como sou
Eu sou um sonho que você não acreditou de tão real que sou
E o que você fazendo que nunca sonhou?

By,

Elizinha

quarta-feira, outubro 28, 2009

TELA

TELA
eu quero pintar o amor numa tela
eu quero deixar ele preso nela
eu quero a vida nela
eu quero sorrir pela a janela
eu quero ser o sol só dela
eu quero fazer amor com ela
eu quero sonhar e acordar com ela
eu quero que ninguém roube a minha tela
eu quero um guarda de plantão só para ela
eu quero pôr você também na minha tela
e depois entrar nela
Descobri que artista plástica não sou
sou apenas uma poetisa com sede de amor
minha arte é a escrita sem pincel e sem tinta...
Minha arte é amar o teu amor....meu Doce Romeu!

By,

Elizinha

segunda-feira, outubro 26, 2009

ILUSÃO

Meu coração está sufocado de amor, respirando lentamente; reação!
Pede socorro, pobre coração apaixonado, vive mais de ilusão!

By,

Zazá Rib

Indiferença

Quando entra o desespero no coração e a alma geme de paixão aperta a dor no peito dizendo não tem mais jeito chegou ao fim, só resta a lembrança de mim,
Quando essa dor traiçoeira invadi sem porteira e sem fim um pedaço de mim, e me arranca suspiro, eu lembro que tenho a ti...
Embora lágrimas rolem dos meus olhos, chegando a face molhar, eu tenho a Ti para me consolar, penso em chegar ao fim, sem um pedaço de mim, e vou seguindo e sorrindo, olhando para mim, que cena mais bizarra vejo eu de mim...
Só Deus sabe a lacuna que está no meu coração.

By,

Elizinha

Amadora

Sou amadora nas letras e nas curvas,
nas letras porque escrevo o que sinto,
nas curvas porque não te encontro...
Amadora, porque te amo!

By,

Elizinha

Abandono

Como é difícil essa solidão! Poderia transformar numa canção, não sei se seria bela, mas alcançaria muitos na mesma situação. O coração não foi feito para viver solitário, mas foi feito para dividir momentos, carinhos e emoções, cumplicidade e sentimentos.

By,

Elizaete Ribeiro

Se o tempo tivesse memória

Sensação essa de querer e abandono
Sensação de sol de verão de dias passados
Como ver pela a vidraça o tempo que passa
solto e leve, despreocupado porque nunca envelhece
é assim que acontece, agente entardece
como flor que murcha e desampare
mas o tempo não, esse permanece jovem
na mesma repetição
não cria rugas e nem se cansa
tem muitos amores
e nem sequer sabe o que é solidão
o tempo não tem memórias
não tem história
para ele tudo é brisa que voa
todo dia, é dia de nascer
o que passa são as gentes
a natureza
a matéria
mas o tempo
esse eterniza num vai e vem
sem memórias
não se pode dizer a memória do tempo
mas se pode dizer a memória de um tempo que vivi
Se o tempo tivesse memória ele não deixaria ir embora
todos os que por ele passou e fez uma história
não seria a mesma repetição de um adeus sem fim
expectativa, e expectativa se cria em torno do tempo
mas ele não é gente, não tem sentimento e nem vai ficar sentado esperado você reagir, ele não para.
Se não amou não espere o tempo
o tempo é o hoje
o amanhã não te pertence
se tem que agradecer, agradeça hoje
o amanhã não se tem o certo do que vai ser
diz que tudo tem o tempo certo, eu não acredito na espera no tempo
acredito no momento certo
porque tempo, todo tempo é tempo todo
e assim acontece...

By,

Elizaete Ribeiro

terça-feira, outubro 20, 2009

Diário

Expectativa diária, o sorriso some quando Off não tem...

Hoje eu acordei com uma saudade na alma, mas não soube descrevê-la.

...mas há um tanto de tempo q aguardo esse momento, não sei se chegará, mas espero e estarei lá...pq vc é o fruto dos meus sonhos...B612

Quando eu consegui sair de mim, passear por ai...fugir sem saber para onde ir...então assim, serei eu sem mim....

...e a saudade insinua a tua falta, e me traz pensamentos sobre ti, como eu posso viver assim?

Hoje acordei atrapalhada sem dar gargalhadas, perdi a estrada, e me achei largada pensando em você...amanhecer sem nome, o off me consome...

Esquecida por você Pequeno Principe...
a dor do esquecimento dói mais que a saudade!

...manhã de saudade...as vezes penso que essa saudade é o fruto do adeus...

Se existisse máquina do tempo, gostaria de conhece-la e fazer uso da mesma...

...frutos do acaso ou frutos da coincidência? Se é que existe um ou outro...só sei que a saudade ficou...

...é um misto de distância e incostância um balancear sem ritmo!

...Eu sem você sou um eu sem mim!

...e assim terminou a manhã...e ficou a sensação de manhã sem conteúdo, vazia e fria como o inverno, fica assim os dias que tu não vem..

as manhãs que vc não vem, o dia fica vago...

...não peça para me explicar, porque essa sensação me toma os sentidos...

Uma certeza de saudade, aperta a alma e tira um pouco a calma...

..há dias que não consigo viver de tanta saudade de você...

...Quero que minhas palavras mudas te alcance com um sussurro silencioso e toque a sensibilidade do teu coração, e aguce o teu pensamento...

...choro lágrimas de solidão, invisivel como o coração...são dias seguidos, espera, apenas espera, angustiosa e sem esperança...

...é estranho pensar em algo que não existe, ou existe, mas não existe em ti...

Então é como se visse pela a primeira vez. E ai parece que está tudo brilhando

...o vento me golpeia, me beija a face... me traz um recado, me deixa a saudade...turbilhões de pensamentos dispersam com o vento...

...a cada suspiro, um ar de saudade...se tu não vens, ah como sofro! imaginando, sonhando, querendo e suspirando...matar a saudade...quando?

...apaixonada pela a tua lembrança, ah! como me encantas...

...não sei, só sei que sei, que sinto tua ausência, tua falta, tua querência... por aonde andas?

ôh silêncio, aquieta, aquieta, espera e verás! tudo nasce com propósito... Hoje tu choras, amanhã tu conta uma nova história...

Eu ouvi a cingarra cantar, me fez lembrar quem eu sou...

By,

Elizaete Ribeiro

terça-feira, outubro 13, 2009

quarta-feira, setembro 30, 2009

Inexplicável

ki saudade de ti fecho os olhos e lembro do teu olhar,
vejo a tua imagem firme e charmosa, como é bom sonhar!...as vezes tem saudade que nos traz um certo ar de querer, um desejar inexplicável...


By,

Elizaete Ribeiro

Lembrança

...apaixonada pela a tua lembrança, ah! como me encantas......a cada suspiro, um ar de saudade...se tu não vens, ah como sofro! imaginando, sonhando, querendo e suspirando...matar a saudade...quando?...não sei, só sei que sei, que sinto tua ausência, tua falta, tua querência...por aonde andas?
Dissestes adeus e não me avisastes?

By,

Elizaete Ribeiro

Vento de Saudade

..o vento me golpeia, me beija a face... me traz um recado, me deixa a saudade...turbilhões de pensamentos dispersam com o vento...

By,

Elizaete Ribeiro

Acaso

...frutos do acaso ou frutos da coincidência? Se é que existe um ou outro...só sei que a saudade ficou...

By,

Elizaete Ribeiro

Adeus sem voz

...Quero que minhas palavras mudas te alcance com um sussurro silencioso e toque a sensibilidade do teu coração, e aguce o teu pensamento...
...eu entendo a ausência como uma forma de dizer adeus silenciosamente sem que os lábios balbucie palavra alguma, sem uso da pena e da tinta...um adeus sem voz...resta a saudade e a esperança...

By,

Elizaete

EU

Eu sem você sou um eu sem mim,
é um misto de distância e incostância,
um balancear sem ritmo!

By,

Elizaete

Off

Expectativa diária, o sorriso some quando Off não tem...
...manhã de saudade...as vezes penso que essa saudade é o fruto do adeus...

By,
Elizaete Ribeiro

sexta-feira, setembro 04, 2009

SIMPLES


As vezes saudade tem beleza,
me arranca suspiros
Lembro do jeito quieto
de uma calma intrigante
...simples foi o momento
mas eterno ficou
São assim as coisas simples da vida
sem glamour, sem holofotes
Debaixo de um céu belo
Estrelado, enluarado
um cenário perfeito,
uma eterna lembrança
As vezes esse sonho me alcança
lembrança de você
Simples o momneto
deixou saudade...


De mim por mim mesmo (Elizinha)

segunda-feira, agosto 31, 2009

Mario Quintana

Quero todo o teu espaço
e todo o teu tempo.
Quero todas as tuas horas
e todos os teus beijos.
Quero toda a tua noite
e todo o teu silêncio.
Mario Quintana

sexta-feira, agosto 28, 2009

DESEJO

Hoje acordei com imenso desejo de correr,
de gritar, de dançar ao vento,
fechar os olhos e bailar e bailar,
seguir as borboletas,
caminhar sobre as flores que caem,
chutar as folhas secas,
curtir cada estação do ano.
Sensação de liberdade,
acompanhar o tráfego das formigas,
admirar as casinhas do João de barro
(maior arquiteto da natureza)
Precisava tanto falar com alguém,
chamar de meu bem, ouvir e sorrir,
Passear por aí sem saber para aonde ir
Como é bom ter alguém para amar e sonhar
E de mãos dadas andar.
A beleza desse dia eu absorvi
Mas agora é melhor párar de sonhar e ir trabalhar
Porque esse dia não sei se vai chegar
Mas será ótimo aproveitar a tarde ensolarada,
pela a janela, e por ela ver a vida lá fora!


By,

Elizaete Ribeiro

quarta-feira, agosto 26, 2009

Será




By,

Zazá Rib

DESERTO É

Deserto é Deserto é não encontramos quem esperamos. Deserto é não andar de mãos dadas. Deserto é não olhar na mesma direção que o outro. Deserto é sonhar sozinho. Deserto é ser uma flor sem dono. Deserto é um mundo sem flores. Deserto é não ter um coração pra amar. Deserto é não ter cumplicidade. Deserto é um coração solitário. Deserto é ficar sem planos. Deserto é sentir uma dor que não passa. Deserto é corpo que não se aquece. Deserto é olhar que não contempla o luar. Deserto é não saber o certo. Deserto é não ter e não saber que tem algo. Deserto é ser e não viver o que é. Deserto é não chegar onde desejamos. Deserto é o sonho que não sonhamos. Deserto é viver sem ânimo. Deserto é não ficar sem férias. Deserto é ser consumido pela correria do dia-a-dia. Deserto é não poder acampar e admirar o luar. Deserto é como ter noites sem estrelas. Deserto é o coração de quem não sonha. Deserto é minha vida sem você. Elizaete Ribeiro

De

De manhã, escureço.
De dia, tardo.
De tarde, anoiteço.
De noite, ardo.

Vinícius de Moraes

terça-feira, agosto 25, 2009

Eu sou o teu Deus e outro não há

Quando tudo está deserto e não tem ninguém por perto, falta um amigo para te ajudar, o desespero já invadiu o coração, teus sonhos e teus projetos forem ao chão, não desista, haverá uma mão sempre estendida pra te levantar. Ela não se cansa, não importa a distância, ela te alcança e faz teu deserto florescer. Filho eu sou o Senhor, te tiro deste abismo, te trago pra cima, eu mudo a tua história. Fecho a cova, corto o laço, quebro a lança e desfaço todo embaraço. Não há quem possa com o meu braço, o mau não resistirá e o deserto não vai te parar. Porque eu sou o teu Deus e outro igual não há. Sou o teu general, o teu braço forte, o teu amigo. Venha para meu abrigo, te protejo. Siga, não desista, te darei veste de glória, mudo a tua história, nas alturas te farei andar. Eu sou o teu Deus e outro não há. Elizaete Ribeiro

segunda-feira, agosto 24, 2009

YOU

Você é:
Mais que um poema
Mais que uma poesia
Uma doce melodia que encanta meu dia
Mais que um som
me alcança num tom silencioso
Mais que um dia ensolarado
Que inebria
Risos
Mais que uma brisa
Silenciosa sensação
Você é mais que muito!
e TODAS AS BELEZAS JUNTAS
NÃO SE COMPARA A VOCÊ!

(esse é para ti Pequeno Príncipe (R.J.) B612).

By,

Elizaete Ribeiro

Unicidade

Unicidade da vida, parte de nós, volúpia de emoção, como será? Será um amanhã de cores e ardores, ou de douçura desmedida por momentos insanos, depsrovidos de pudores? ventos noroeste, acorda enfurecido, assustando o outono querido, devastador na sua loucura, sem levezas ou piedade, faz se notórios o seu remanejo...

By,

Zazá Rib

sexta-feira, agosto 21, 2009

Deus Falou Comigo!

Deus falou comigo
Eu sou o teu abrigo
Passa os dias e o tempo voa
As promessas não foram atoa
Ah dia e hora
O tempo não apagará a história
O que prometeu vai se cumprir
Não importa o caminho que andar
Ele é Deus e não falhará
Ele não esqueceu
Ninguém poderá arrebata-la de minhas mãos
Nem o mais vil tentador
Ainda que ande pelos os vales
Ainda que falte a esperança
Ainda que perda a visão
Ele te sustentará pelas as mãos
Mesmo se o dia tornar noite
E o sol negar a sua luz
E o dia converter em trevas
Do vale ele vai te tirar
O socorro virá
Mesmo quando não esperar
Asas ele te dará
E como a águia voará
Sobre os teus inimigos
vai triunfar
Não importa a força da tempestade
Desta ele vai te livrar
Os teu inimigos vão cair
Todos irão te aplaudir e por 7 caminhos fugirão
Essa é a promessa do Senhor
Deus falou comigo, Ele é contigo!

Por,

Elizaete Ribeiro

DE QUE VALE

De que vale tanta correria
De que vale tanta luta
De que vale tanta angústia
De que vale tanto empenho
Se nessa vida não fizer história
De que vale a tua existência
Se nela não tiver sabor
De que vale tudo isso
Se nessa vida não deixar um legado
De que vale passa por aqui empoeirar os pés
Viver dias difíceis
Se não ficar na memória
De que vale ganhar o céu
E não ter o merecido galardão
De que vale alcançar a salvação
E não alcançar o coração do Senhor
De que vale tanta beleza
De que vale os dias de sol
De que vale o toque do vento
O doce acalento
A brisa que passa
Os sonhos e projetos
De que vale a chuva que caí
Todas as aquarelas da vida
Se nelas não tiver o amor
De que vale tudo isso sem o Senhor?

By,

Elizaete Ribeiro

quinta-feira, agosto 20, 2009

Aquarela, Borboletas ou Mar de Rosas

Adoraria pintar a vida com as cores aquarela, e todas as borboletas de amarelo, exceto a 88, minha predileta, como um mar de rosas, uma imensidão delas, contemplar os raios de sol tocando as de leve, como se as beijasse com ternura e gratidão, agradecendo pela a beleza que irradiam das suas pétalas asas, aquarela, borboletas ou mar de rosas?

By,

Zazá Rib

Resposta ao Poema

Resposta ao Poema
Que novo dia será?
Será o dia que conhecer teu principe... pela descrição do que o seu corpo sente.... quanto ao vento que sentiste, foi apenas o seu Belo nome exalado de meus labios sendo susurrados repetidas vezes que gerou um turbilhão e chegou diretamente ao seu encontro como uma leve e suave brisa que ao tocar a sua pele proporcionou indescritiveis sentimentos...e emoções que a desorientaram por um instante mas que pareciam ser uma eternidade...

By,

Romeu Júnior
(rsrsrsrs)

Sinto Saudade

Sinto saudades do dia que nunca nos reencontramos.
Sim, daquele em que não nos vimos.
Desse em que nunca te tive.
Daquele em que não falaste o que eu queria ouvir...
Da nossa primeira noite que jamais houve, qdo deixamos
de conhecer-nos biblicamente até o desmaio.
Tenho sede da noite em que nem começamos a beber-nos.
Sinto fome dos momentos em que não estávamos um no outro, devorando-nos gota a gota.
Poderia desenhar, nos mínimos detalhes, tudo que não aconteceu.
O amor que não explodiu; o desejo que não cristalizou;
todo esse nada que não vivemos tão intensamente separados...
É uma saudade tão grande...
Uma saudade como se nunca tivesse acontecido;
como este afago que não te mando e que, ainda assim, nunca receberás."

Autor desconhecido.

terça-feira, agosto 18, 2009

Sem Você!

Em meio a rimas e pautas
o meu coração sente tua falta
como uma doce brisa ao despertar
como um raio de sol ao amanhecer
em brio de alegrias
alegres cantos alcanço
como é bom saber que o meu pensamento está em você
livre talvez
leve e solto como o vento
senti sua falta no café da manhã
me acompanha até ao entardecer
leve lembrança, doce criança
como pode ser?
madrugadas sem você!
Dorme o sonho
dorme a lembrança
dorme o querer
mas ao amanhecer despertam com o dia
e a harmonia de ter o teu bom dia
desasparece
como pode ser?
Sem ele uma leve agonia inebria todo o meu ser
ai que saudade de você!
Assim termina o meu dia
o tempo não pára e nem espera
o que deseja
busque hoje
não deixe para amanhã.
Hoje a brisa indecisa me tocou
trouxe um ar de saudade
e de leve soprou a distância
mediu os quilômetros e me deixou sem você.

By,

Elizaete Ribeiro

quarta-feira, agosto 12, 2009

Versos e Reversos

Só hoje eu entendo quem sou, ví a dor que ecoou no vazio do homem,
e alma com fome, fome de amor, não implores o meu amor, apenas o ame, infame desalento que queima por dentro, voraz e cruel, amargo como fiel, é a infâmia da dor. Não queria fantasiar o dia que o telefone não tocou, e o desejo de dizer alô e ouvir tua voz suave, doce amado
esbanjando amor, oh dia! Como eu queria ser tua fantasia, fantasia de amor, porque estou nessa melancolia tentando justificar um dia esse tal de amor, envenena a alma e contamina a calma e o pobre coração calou, calou de agonia, agonia de amor, cansei de escrever sobre delírios e desvarios que provoca amor...mas um dia entender se ia aquele que amou!
Não me julgue séria por ter perdido a fera que um dia despertou

Só entende a dor aquele que já perdeu um amor, como estremeceu coração e gemeu de paixão, é que sabe como são esse momento de dor, posso contar em versos e reversos aquilo que me estremece e me causa tanta dor.
Só queria ser um dia uma doce melodia para encher de alegria a tua vida vazia, ou talvez uma pequena nota me tornaria e despertaria um acorde por dia, assim seria para sempre uma melodia, um tom e acordes sem contas, mas alcançaria o teu coração que tão distante ficou, ficou porque não acreditou que pudesse ser amor, numa canção tornaria aquilo um dia podia ser amor!


By,

Elizaete Ribeiro

Doce lembrança!



Tu perguntas como foi a minha infância?
Fui uma doce criança, mas dela eu já falei.
Cuja ternura e bravura nunca esquecerei,
Sonhávamos que éramos reis, apenas eu princesa fiquei,
Até hoje o meu príncipe esperei, talvez ele não exista ou desistiu de me procurar,
Mas quando era criança nunca deixei de sonhar,
Essa é a diferença de cá e de lá! Não me indagues mais sobre isso, senão vou apenas chorar, porque não posso mais criança voltar, oh doce terra amada, que saudade saudosa tenho de lá!
Quando as pedrinhas ao rio atirava e contava quantas vezes ia me casar, apenas uma ficava, sem de lá mais voltar, as vezes penso que atirei meus sonhos todos lá!

Volta pra me infância querida, volta pra me essência perdida, ah! Como tenho anseio por ti terra querida.
Essa vontade insana que me arrebata os sentidos, sinto como no relento desprovida de agasalho, as vezes mais forte do que eu.

trecho extraído do livro: "Lágrimas de um livro"

By,

Elizaete Ribeiro

segunda-feira, agosto 10, 2009

FUTURO



Sei quem sou
Pra onde vou
Não posso fechar os olhos
Senão posso errar a direção dos passos
E transformar em nostalgia o que foi sonho um dia
Sigo acreditando
Mas de olhos abertos
A estrada da vida tem muitas curvas
Não posso capotar

By,

Elizaete Ribeiro

NÃO

Em tudo Deus seja louvado
Até mesmo quando a resposta
for "Não"
A sua graça é infinita
E o seu Amor eterno
Ele conhece o nosso amanhã
e tem sempre o melhor preparado
para nós.
Não desista!
Um não pode mudar a sua vida
e trazer dias melhores
Ele tem a forma certa de trabalhar.
Acredite!

By,

Elizaete Ribeiro
São Paulo - SP 10.08.09

Quinteto de dias

Eu não queria dizer sim, tinha medo do que o coração queria
A tua insistência fora maior
Não queria me apaixonar, acordar o coração
Nem voltar a sonhar
Mas as juras de amor perfeito
Despertou o desejo no peito
E o sim soou mas leve que o vento
Tomei as asas da imaginação
Tirei os pés do chão
Voei sonho adentro
Sonhei e me alegrei
Mas num dia você não veio
Nem no seguinte
Então entrou a solidão
Derrepente
E assim seguiu quinteto de dias

Ainda não acabei
espere o próximo capitulo...

By,

Elizaete Ribeiro
São Paulo - SP 10.08.09

terça-feira, julho 28, 2009

Acordei


Acordei com a poesia na alma
Com doce calma desejei tocar-te
Quantos canções será preciso Tocar para te alcança?
Uma composição
Um tom
Um acorde
Oh doce melodia!
Ver o dia acordar num bocejar prazeroso
Os raios de sol são os olhos que se abrem
Como desejar te um olá se longe dos meus olhos tu estás?
Longa distância meus sonhos te alcança
Inebriante sensação
És o meu bem maior
Um tesouro só
Três em um
Uma beleza sem tamanho
Foi apenas um sonho?
Não sei
Sei apenas que existo
E sou real

By,

Elizaete Ribeiro

domingo, julho 26, 2009

Retrato

Sou o retrato que a vida pintou,
e a dor que o mundo esqueceu...

By,

Elizaete Ribeiro

AQUELE LUGAR

Lembro daquele lugar
Daquela terra de ninguém
Perdida no tempo
Aquecida pelo o vento
Aquele lugar estar
Gravado na mente
No subconsciente
Posso ouvir o barulho das folhas secas
O cantar dos pássaros
O rosto pacato
Perdido no anonimato
Sem roteiro
Sem Cheiro

Lembro daquele lugar
Não sei como chegar
Na lembrança estar
Aquela lugar

By,

Elizaete Ribeiro

terça-feira, julho 21, 2009

Expectativa

Por um momento tentei ouvir o sussurro da tua voz
Mas todos os meios foram bloqueados
Que Deus guarde as minhas emoções

By,

Zazá Rib

Versos

Passando pela a rua apenas chorei ao reverso dos versos dos versos que encontrei

By,

Zazá Rib

Lágrima

Quando uma lágrima chega a rolar é porque uma decisão foi tomada, talvez ainda não anunciada.

By,

Zazá Rib

Recuperar

Eu tive medo, deixei de amar
Eu tive medo, deixei de tentar
Eu tive medo, deixei de lutar
Eu tive medo, apenas tive medo
Quando fui a luta, não deu mais...
Eu tive medo, e fiquei sem amar


By,

Zazá Rib

“Há sempre um novo amanhecer.”
Uma vida nova, um novo tentar
Uma saída certa.

By,

Zazá Rib

O Sertão

O sertão
Não está só no sertão
O sertão
Está em vários lugares

By,

Zazá Rib

Aurora

Se um dia a tarde cair, e o dia for embora
Não chore pela a aurora
Porque ela há de se repetir


By,

Zazá Rib

Sensibilidade

Pra ver se há em ti alma de poeta

E porque o teu belo sorriso admirei

Você consegue me descrever com palavras

Isso é mais forte do que um toque

Gostaria de abraçar – te agora

Eu tenho o melhor pra você e carrego o

Maior amor do mundo



by,


Zazá Rib

MUITAS VEZES

Muitas vezes eu desejei ficar quietinha e não ouvir nem se quer um sussurro, hoje me senti assim outra vez, a sensação de perder o chão, mas ao contemplar pela a janela o Ipê roxo que havia perdido todas as suas folhas e flores, observei que aqueles galhos secos dançavam com o toque do vento e transmitia alegria e satisfação, eu me emocionei, e ví que nem no inverno as árvores perdem sua alegria, e que elas dançam e louvam ao criador por mais um dia, ainda que seus galhos perdam a beleza, ainda que o inverno leve suas flores, e o perfume delas, as suas raizes regojizam na terra que as sustentam. Que lição eu aprendi hoje! olhei pro meu coração, e o ví sedento por amor, olhei para dentro de mim, e ví que o inverno invadira a minha alma, e tomou o brilho dos meus olhos, e tentou levar os sonhos, mas lembrei das maravilhas de Deus e todas as suas promessas, respirei fundo, ergui a cabeça e disse Carpe Diem, a beleza do dia de hoje nunca mais tornará.

By,

Zazá Rib

quinta-feira, junho 18, 2009

Quem é a pessoa do outro lado, tentando me animar, com seus versos e reversos, que corre pros braços de morfeu , mas na verdade quer adormecer nos meus,
e que tem a semântica como amiga....que ensina a tirar os pés do chão e dar asas a imaginação, quem será esse ser...?


By,


Zazá Rib

By

quinta-feira, junho 04, 2009

DESERTO DO MEU SER


O que é o amor pra você? é um linda flor, ou um sorriso de dor?
Como compreender o amor, se de perto não viu e nem tocou!
Como flor no deserto, amanhece, mas não permanece.
Como será amar-te e dividir com Irene o teu belo coração, que tão de longe pôs na mão
o destino de ter - te. A ilusão que aparece como Oásis de águas límpidas e cristalinas, à sombra das palmeiras no deserto sacia o calor da solidão, como ponte sem fim, acaba aqui a minha doce ilusão.
Desapareceu como uma miragem de terra seca, no calor da imensidão,
foi-se o Oásis, fugiu o chão, apenas ficou um mero horror da solidão, não deu tempo de dizer-te o quanto me faria feliz.
O amanhecer, com o despontar do sol, no imenso deserto de dor e solidão, água fresca e na sombra da palmeira,
sentir, ter a doce sensação,ouvir o pulsar do teu coração...
Apenas deserto ficou, o desejo, o coração, como nomâdes, vazio, como crepúsculo doentil, o deserto do coração.
Seria apelo querer-te, deserto sem pudor, aonde aprendeu o que é o amor?
Pudera entender o valor do meu ser.

By,


Zazá Rib

quinta-feira, maio 28, 2009

Novo dia!

É bom saber que um novo dia vai amanhecer, e que o frio da noite vai desaparecer,, lindos raios de sol surgirão,
uma beleza incomparável, o gelo passa, e a vida renasce num passo de mágica, as vezes o deserto da solidão nos assustam e arrasam o coração. Mas sombras ficam, custam desaparecer, as vezes a dúvida, nunca vou ter,
os Oásis vivos e reais que as miragens trazem, para saciar o desespero da sede que meu corpo tem...ah miragens, que belas são, entre mil delirios, os meus olhos vão, mas apenas fica a tenra sensação que o meu corpo desejou em vão...noites frias e gélidas, sonhos adormecidos e encobertos pela a areia do deserto, não sei ao certo, mas o meu corpo perece pelo o simples toque do vento...ao menos ventos!
Brisa que passa e ecoa nos ouvidos do solitário, que doce manhã, deseja o meu afã, que lindo raio de sol, sem nuvem e sem prol, apenas o nu do ceú, apenas o leú e o vento, sem alento...que novo dia será?

By,

Elizaete Ribeiro

segunda-feira, abril 20, 2009

Crônica Mulheres


Reflexão

Todas as mulheres deveriam ler esta crônica pelo menos 1 vez por mês.

Depois de um bom tempo dizendo que eu era a mulher da vida dele, um belo dia
eu recebo um e-mail dizendo: "olha, não dá mais".
Tá certo que a gente tava quase se matando e que o namoro já tinha acabado
mesmo, mas não se termina nenhuma história de amor (e eu ainda o amava muito) com um e-mail, não é mesmo?
Liguei pra tentar conversar e terminar tudo decentemente e ele
respondeu: "mas agora eu to comendo um lanche com amigos".
Enfim, fiquei pra morrer algumas semanas até que decidi que precisava ser
uma mulher melhor para ele. Quem sabe eu ficando mais bonita, mais
equilibrada ou mais inteligente, ele não volta pra mim?

Foi assim que me matriculei simultaneamente numa academia de ginástica, num
centro budista e em um curso de cinema. Nos meses que se seguiram eu me
tornei dos seres mais malhados, calmos, espiritualizados e cinéfilos do
planeta. E sabe o que aconteceu? Nada, absolutamente nada, ele continuou não
lembrando que eu existia.
Aí achei que isso não podia ficar assim, de jeito nenhum, eu precisava ser ainda melhor pra ele, sim, ele tinha que voltar pra mim de qualquer jeito.
Decidi ser uma mulher mais feliz, afinal, quando você é feliz com você mesma, você não põe toda a sua felicidade no outro e tudo fica mais leve.
Pra isso, larguei de vez a propaganda, que eu não suportava mais, e resolvi me empenhar na carreira de escritora, participei de vários livros, terminei
meu próprio livro, ganhei novas colunas em revistas, quintupliquei o número
de leitores do meu site e nada aconteceu.
Mas eu sou taurina com ascendente em áries, lua em gêmeos filha única!
Eu não desisto fácil assim de um amor, e então resolvi tinha que ser uma
super ultra mulher para ele, só assim ele voltaria pra mim.
Foi então que passei 35 dias na Europa, exclusivamente em minha companhia,
conhecendo lugares geniais, controlando meu pânico em estar sozinha e longe
de casa, me tornando mais culta e vivida. Voltei de viagem e tchân, tchân,
tchân, tchân: nem sinal de vida.
Comecei um documentário com um grande amigo, aprendi a fazer strip, cortei
meu cabelo 145 vezes, aumentei a terapia, li mais uns 30 livros, ajudei os
pobres, rezei pra Santo Antonio umas 1.000 vezes, torrei no sol, fiz
milhares de cursos de roteiro, astrologia e história, aprendi a nadar, me
apaixonei por praia, comprei todas as roupas mais lindas de Paris.
Como última cartada para ser a melhor mulher do planeta, eu resolvi ir morar
sozinha.
Aluguei um apartamento charmoso, decorei tudo brilhantemente, chamei amigos
para a inauguração, servi bom vinho e comidinhas feitas, claro, por mim, que
também finalmente aprendi a cozinhar.
Resultado disso tudo: silêncio absoluto.
O tempo passou, eu continuei acordando e indo dormir todos os dias querendo
ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele.
Até que algo sensacional aconteceu. Um belo dia eu acordei tão bonita, tão
feliz, tão realizada, tão mulher, que eu acabei me tornando mulher demais
para ele.

Ele quem mesmo?

"Não podemos esperar que outra pessoa nos preencha ou nos complete.
Sozinhas, somos as responsáveis por nossa Paz de espírito e nossa
realização, seja ela pessoal ou profissional.

"(Marian Keyes)

Mana amada

Mana, agradeço a Deus pela a sua vida, você faz parte da minha história, me viu sorrir e chorar... partir, mas nunca dissemos adeus. Sinto falta das nossas risadas, dos churrascos, das crianças, dos passeios, das confidências, rsrsrsrs, sinto saudade...receber vc aqui foi uma honra tremenda...Tenho certeza que breve estaremos juntas novamente...

Um apelo ao amor

São Paulo-SP, 08 de Maio de 2009 (um dia na história do meu coração)

Me recuso a admirar o sol e a contemplar o amanhecer, dentro de mim há noite sem luar e sol sem calor...
"Desejo ficar quietinha num canto, no silêncio, no silêncio...fugir da dor...fugir do sol, fugir de mim.
I'M TRISTE." Sinto que o sonho acabou, nunca devia ter sonhado...ficou um aperto no coração e a dor da solidão...
Não aceito o teu adeus e nem darei asas à solidão.

À ocenaos de distâncias, a luz dos teus olhos me alcança, vence os mares e ultrapassa a tempestade, e num tom calado, sinto o teu afago.
O brilho do teu olhar é mais vivo do que a própria vida.
Entre vinhas e vinhos, sabores e amores, dias sem cores, meu Amor favorito, por esse sorriso, atravesso o oceano.
Não preciso ser mar para te encontrar, nem sol para te aquecer, tarde ou manhã para perceber que no Porto estás à esperar, a embarcação chegar, levando me até você.
Com o vinho do porto vamos comemorar, ebaaaa eu e você!
À oceanos de distâncias, como é bom sonhar!
O teu sorriso na lembrança sempre estará!

By,


Elizaete Ribeiro

AMIGAS

SER LEMBRANDA POR VCS É O MELHOR PRESENTE DE ANIVERSÁRIO QUE SE PODE TER, AINDA MAIS VINDA DE TÃO LONGE...

segunda-feira, abril 13, 2009

Isaias 61

1 O ESPÍRITO do Senhor Deus está sobre mim; porque o Senhor me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
2 A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
3 A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do Senhor, para que ele seja glorificado.
4 E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração.
5 E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinhateiros.
6 Porém vós sereis chamados sacerdotes do Senhor, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis a riqueza dos gentios, e na sua glória vos gloriareis.
7 Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.
8 Porque eu, o Senhor, amo o juízo, odeio o que foi roubado oferecido em holocausto; portanto, firmarei em verdade a sua obra; e farei uma aliança eterna com eles.
9 E a sua posteridade será conhecida entre os gentios, e os seus descendentes no meio dos povos; todos quantos os virem os conhecerão, como descendência bendita do Senhor.
10 Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias.
11 Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.

segunda-feira, abril 06, 2009

Saboreando mais 1 ano de vida


Quando a luz dos olhos meus, com a luz dos olhos seus resolvem se encontrar...
Eu te amo e sempre vou te amar...Não acostume mau, não é sempre que tens esse sorriso...

Lágrimas de um livro



quinta-feira, abril 02, 2009

Coisas que só a vida explica


Quando pensamos que sabemos todas as resposta vem a vida e muda todas as perguntas.........

terça-feira, março 31, 2009

Meu pequeno ser!





São Paulo, 04 de abril de 2007

Quando a brisa levemente me tocar
O silêncio fará lembrar você
Solidão da lembrança
Sem esperança
De teus braços encontrar
Oh doce saudade!
Me faz sentir
Será amor ou saudade
De ti
Do meu pequeno Ser

YOU!


By,


Zazá

OLHE PRA FRENTE...

Olhe para frente e Nunca desista!!

"É fácil encontrar dificuldades nas oportunidades; difícil é encontrar oportunidade nas dificuldades e herói é aquele que consegue transformar dificuldades em oportunitades!"

Apesar de todas as dificuldades que passamos, as decepções, injustiças, desanimos; devemos sempre olhar para frente, SEMPRE!!

Por nada nesta vida devemos deixar de nos amar! O amor próprio, HUMILDADE, HONESTIDADE, simplicidade, A VERDADE e muito respeito pelas pessoas é a chave para termos PAZ DE ESPÍRITO E ALCANÇARMOS A VITÓRIA!

A verdadeira felicidade é aquela q econtramos nas coisas mais simples da vida!

** A tempestade é passageira, o revés não é eterno e a Calmaria virá! Sempre virá **

** E quando chegares no fundo do poço, lembre-se que só há uma saída: PARA CIMA!! rsrsrsrs

Portanto, NUNCA DESISTA e OLHE Para FRENTE SEMPRE! A tempestade passa!

A vida é um grande aprendizado e tudo contribui para o bem! MAS FAÇA O BEM!!!

Eterno amigo!

TE AMO(NEIDE)‏

Fuçando nos meus arquivos, encontrei esta carta online que recebi de ti, e para não apagar a memória da nossa história postei aqui para relembrar a nossa caminhada, e nunca esquecer ou ser ingrata pelo o amor que um dia recebi de ti e de tua familia.


AS VEZES EU PROCURO PALAVRAS QUE POSSAM EXPRESSAR O MEU AMOR POR VOCÊ E NÃO CONSIGO.
EU TE AMO NÃO PELO QUE VC FAZ MAS SIM PELO O QUE VOCÊ É, PELO QUE TEM DENTRO DO SEU CORAÇÃO.
VC É MUITO ESPECIAL PARA MUITOS E PRINCIPALMENTE PARA DEUS.
ONTEM VC TOCOU MUITO FUNDO NO MEU CORAÇÃO QUANDO ME DISSE QUE QUERIA ME VER PARA ME DAR MEU PRESENTE.
ESTA CARTA NÃO ESTÁ PARECENDO CARTA DE AMOR?
SAI DESSA MANÉ!!!! MEU PÉ É 42 + EU GOSTO É DO MEU NEGÃO!!!!!!

DESEJO QUE SUA VIDA SEJA COMO A MAMTEMÁTICA:
AS ALEGRIAS MULIPLICADAS,
AS TRISTEZAS DIVIDIDAS COMIGO,
AS BENÇÃOS SOMADAS,
AS LUTAS SUBTRAÍDAS
E QUE SUA VIDA ESPIRITUAL SEJA 100% ABENÇOADA
NÃO DEIXE QUE AS DIFICULADES APAGUEM SEU BRILHO POIS ESTE BRILHO INCOMODA MUITAS PESSOAS.
E AMO EM JCS( JESUS CRISTO SALVA),

A NEGA (NEIDE)‏ MAIS GOSTOSA LINDA DO MUNDO!!!!!!

TE AMO!