E-BOOK MENINAS SUPER POÉTICAS

terça-feira, março 31, 2009

Meu pequeno ser!





São Paulo, 04 de abril de 2007

Quando a brisa levemente me tocar
O silêncio fará lembrar você
Solidão da lembrança
Sem esperança
De teus braços encontrar
Oh doce saudade!
Me faz sentir
Será amor ou saudade
De ti
Do meu pequeno Ser

YOU!


By,


Zazá

OLHE PRA FRENTE...

Olhe para frente e Nunca desista!!

"É fácil encontrar dificuldades nas oportunidades; difícil é encontrar oportunidade nas dificuldades e herói é aquele que consegue transformar dificuldades em oportunitades!"

Apesar de todas as dificuldades que passamos, as decepções, injustiças, desanimos; devemos sempre olhar para frente, SEMPRE!!

Por nada nesta vida devemos deixar de nos amar! O amor próprio, HUMILDADE, HONESTIDADE, simplicidade, A VERDADE e muito respeito pelas pessoas é a chave para termos PAZ DE ESPÍRITO E ALCANÇARMOS A VITÓRIA!

A verdadeira felicidade é aquela q econtramos nas coisas mais simples da vida!

** A tempestade é passageira, o revés não é eterno e a Calmaria virá! Sempre virá **

** E quando chegares no fundo do poço, lembre-se que só há uma saída: PARA CIMA!! rsrsrsrs

Portanto, NUNCA DESISTA e OLHE Para FRENTE SEMPRE! A tempestade passa!

A vida é um grande aprendizado e tudo contribui para o bem! MAS FAÇA O BEM!!!

Eterno amigo!

TE AMO(NEIDE)‏

Fuçando nos meus arquivos, encontrei esta carta online que recebi de ti, e para não apagar a memória da nossa história postei aqui para relembrar a nossa caminhada, e nunca esquecer ou ser ingrata pelo o amor que um dia recebi de ti e de tua familia.


AS VEZES EU PROCURO PALAVRAS QUE POSSAM EXPRESSAR O MEU AMOR POR VOCÊ E NÃO CONSIGO.
EU TE AMO NÃO PELO QUE VC FAZ MAS SIM PELO O QUE VOCÊ É, PELO QUE TEM DENTRO DO SEU CORAÇÃO.
VC É MUITO ESPECIAL PARA MUITOS E PRINCIPALMENTE PARA DEUS.
ONTEM VC TOCOU MUITO FUNDO NO MEU CORAÇÃO QUANDO ME DISSE QUE QUERIA ME VER PARA ME DAR MEU PRESENTE.
ESTA CARTA NÃO ESTÁ PARECENDO CARTA DE AMOR?
SAI DESSA MANÉ!!!! MEU PÉ É 42 + EU GOSTO É DO MEU NEGÃO!!!!!!

DESEJO QUE SUA VIDA SEJA COMO A MAMTEMÁTICA:
AS ALEGRIAS MULIPLICADAS,
AS TRISTEZAS DIVIDIDAS COMIGO,
AS BENÇÃOS SOMADAS,
AS LUTAS SUBTRAÍDAS
E QUE SUA VIDA ESPIRITUAL SEJA 100% ABENÇOADA
NÃO DEIXE QUE AS DIFICULADES APAGUEM SEU BRILHO POIS ESTE BRILHO INCOMODA MUITAS PESSOAS.
E AMO EM JCS( JESUS CRISTO SALVA),

A NEGA (NEIDE)‏ MAIS GOSTOSA LINDA DO MUNDO!!!!!!

TE AMO!

ELE É TOTALMENTE DESEJÁVEL

Em Cantares 5.16 lemos: "...ele é totalmente desejável". Isso não pode ser dito a respeito de nenhum outro a não ser de Jesus Cristo. Qualquer outra grandeza é corrompida por pequenez, qualquer outra sabedoria é arrasada por tolice, qualquer outra bondade vem maculada por imperfeição. Jesus Cristo é o único do qual se pode afirmar que nEle tudo é amável e belo.

Sua beleza reside em Sua perfeita humanidade. Ele se identificou conosco em tudo, exceto com nosso pecado e com nossa natureza má. Ele teve de crescer fisicamente – como nós – mas Ele também cresceu na graça. Ele trabalhou, chorou, orou e amou. Em todas as coisas Ele foi tentado como nós – mas permaneceu sem pecado.

Como Filho de Deus, Ele entra em nossa vida no século XX de maneira tão simples e natural como se tivesse morado em nossa rua. Ele é um dos nossos em tudo. Ele entra em uma vida cheia de pecado assim como um rio limpo e transparente lança suas águas em um lago parado. O rio não teme a contaminação, é ele que limpa o lago com sua força.

Cristo também possui perfeita compaixão. Pensemos apenas no "rebanho sem pastor" ou na viúva enlutada de Naim. Será que alguma vez você viu Jesus procurando pessoas que "mereciam" que Ele se compadecesse delas? Dele está escrito simplesmente que: "... compadeceu-se dela e curou os seus enfermos" (Mt 14.14b). Que glória reside em sua misericórdia! Naquela época significava contaminação a aproximação com os pobres leprosos, mas o contato com a mão de Jesus os curava e purificava.

A perfeita humildade de Jesus Cristo é extremamente amável. Ele, o único que poderia ter escolhido como desejava nascer, entrou nesta vida como um dentre muitos. Ele disse: "...no meio de vós, eu sou como quem serve" (Lc 22.27b), e está escrito que Ele "deitou água na bacia e passou a lavar os pés aos discípulos e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido" (Jo 13.5). E também está escrito que Ele "quando ultrajado, não revidava com ultraje" (1 Pe 2.23).

Jesus Cristo também possui perfeita mansidão. Como Ele é meigo, mas também fiel, altruísta e devotado. Quando falou com a mulher calada, desesperada, depois que os seus acusadores foram se retirando um por um, toda a Sua amável mansidão se mostrou.

Até na hora da Sua morte, Ele ouviu o clamor de uma fé em desespero. Antigamente, quando os vencedores voltavam das guerras, traziam seus prisioneiros mais importantes como troféus de vitória. Para Jesus Cristo foi suficiente chegar ao céu trazendo a alma de um ladrão.

Finalmente, olhemos para Seu perfeito equilíbrio interior. Ainda poderíamos falar muito sobre Sua dignidade, sua varonilidade, sobre Sua coragem. Nele se unem traços de um caráter perfeito e formam um equilíbrio maravilhoso. Sua mansidão nunca é delicada demais, sua coragem jamais é bruta.

ELE É TOTALMENTE DESEJÁVEL.


By,


Elizaete

QUANDO CRIANÇA

São Paulo, sexta-feira, 1 de junho de 2007 10:07:45

A busca da felicidade é uma constante...
Embora o poder da gente se esbarre no medo.
O medo de arriscar nos torna vulneráveis.
Nos priva da felicidade, de nossos sonhos.
Dê razão a sua existência, tenha desejo...
Tenha sonhos e tente realizá-los...
Viva, e seja você sempre, afinal, você existe...

É melhor tentar e falhar que se preocupar e ver a vida passar;
É melhor tentar ainda que seja em vão que sentar-se fazendo nada até o final;
Prefiro na chuva caminhar que em dias tristes em casa me esconder.
Prefiro ser feliz embora louca, que em conformidade viver!

Quando criança, eu ouvia pessoas dizendo: "o tempo é o melhor remédio".
Me questionava se isso era realmente verdade e, por muito tempo,
tentei compreender o sentido dessas palavras qual seu verdadeiro contexto.
Mas todas as minhas tentativas, todos os meus esforços para compreender, foram vãos.

Até que................

O tempo passou. E, quando olhei para trás, ví que todas as feridas que a vida havia causado, o tempo cicatrizou; que toda a dor que a vida havia criado, o tempo aliviou;
ví que todas as alegrias que a vida havia me proporcionado, o tempo preservou.
Foi, então, olhando todas essas coisas que compreendi que o tempo,
esse que cicatriza as feridas, que alivia a dor e preserva as alegrias,
esse mesmo tempo é nosso grande aliado.
Talvez isso que a Bíblia quer expressar quando diz : "Há tempo para tudo".
Acredito que, não foi por acaso que, no primeiro dia da criação,
Deus fez o dia e a noite, ou seja, o tempo, afinal Ele já sabia
o quanto o tempo seria importante para nós.

By,

Elizaete

Esperei por um sorriso

São Paulo, 01 de junho de 2007

Esperei por um sorriso
que me deixasse alegre.
Esperei por um olhar
que me emocionasse.
Esperei...
E nessa espera passou-se
minha adolescência,
meus sonhos de criança...
Esperei por um toque nos lábios
que eternizasse um momento.
Esperei pelo dia certo para chorar de felicidade...
Mas vieram os dias
e apenas pude chorar do
sentimento avesso de ser feliz.
Esperei meus olhos amadurecerem
para ver o mundo de outra forma.
Esperei o conforto de braços alheios.
Esperei ouvir palavras encantadas,
mas fiquei aqui me abraçando sozinha,
e ouvindo apenas o tic-tac do relógio.
Esperei um dia para dizer que estou pronta,
pois feliz eu fui...
Mas esse dia que esperei,
não chegou,
apenas chegou a sensação que
a vida não é uma espera,
mas uma conseqüência do que
desejamos e merecemos.

By,

Elizaete

As cinzas do Tempo

São Paulo, 20 de março de 2008

As cinzas do tempo
Quero pular no infinito
Aquietar nas cinzas do tempo
Quero contar para o vento
O que é esse tal de sentimento
Arrasta, Devora
Talvez outrora, não fosse veneno
As cinzas da história
Na imensidão dos pensamentos
Me perco
A procura do tempo
Que cinzas
Que ventos
Não
Apenas um pensamento
As cinzas do tempo.

By,

Elizaete

Ruinas do tempo... (caso Isabella)

São Paulo, 02 de abril de 2008

Ruinas do tempo... Tempos esquecidos deixados para trás, entregues a ignorância de corações frios e calculistas. Pais capazes de tirar a vida dos próprios filhos, inversão de valores. Abusos de poder, palavreados chulos e de baixo escalão, invasão de privacidade, o dito pelo o não dito. Dias dificieis, obscurecidos pela a incerteza, amanhã incerto... corrupção de uma sociedade mau formada e obstinada, desigual, uma verdadeira selva de pedras.
Triunfo do mau e do profano, legalidade do poder, trevas interiores.
Sem alvos, sem bússola, errantes no caminho.
Mundo de impossibilidades onde tudo é possivel.

By,

Elizaete

Qual dos meus versos te inspirou?

São Paulo, 06 de outubro de 2008

Isso é verdade, o sol hoje realmente nasceu encantador...
Senti vontade de estar numa ilha deserta...
Tomar bastante água de coco, e repousar debaixo
da sombra de de um coqueiro...
sentir a brisa leve tocar a minha face e acariciar os meus cabelos...
e ter, claro uma boa companhia...
qual dos meus versos te inspirou?

By,

Elizaete

PROSA E VERSOS

São Paulo, 05 de outubro de 2008

Prosa e versos
é assim que acontece
meia palavras, lançadas ao vento
meio agumentos
que o coração sente
desce como luva
na solidão
no intento
versos e prosas
flores e rosas
você encaixa no meu coração
sem pedir permissão
devagar
sorrateiro
como conto ligeiro
dono dos meus pensamentos
faz o meu corpo tremer
ao pensar em você
não vejo a hora te ver
e nos perder
no desvaneio das horas
a noção do tempo
voltamos a sonhar
recuperar o tempo
perdido
deseludido
doce vento
tentar sem alento
vivo pensando no encontro
do reencontro sonhar
não sou poeta
mas sou brisa que
permanece
sol que brilha
e coração que bate
paixão, amor
até mesmo a dor
saudade insaciável
mista de loucura e razão
um amor maior que a razão
não suportaria a dor da perda
não ousaria dizer
a esse amor
que tão de leve entrou
em meu coração...

By,

Elizaete

PASSANDO PELA A RUA

Passando pela a rua da vida, ví muitos amores, cada um com sua perculiaridade, tempos diferentes, personagens modernizados, até sentimentos modificados, passeando pelo o jardim da amizade, ví muitos temores, cada flor com seu perfume e cada perfume com a sua flor, o jardinheiro cultivava cada uma com amor, todas tem o seu valor, a semente lançada ela brotará, e o seu fruto se dá. Ví injustiças e dissabores, coisas sem valores, não vale a pena perder a paz por nada que não é capaz de nos ter. Só oferecemos aquilos que somos, e nada mais. Tive muitos amores, cultivei de perto as flores, plantei e reguei...passando pela a rua da solidão, ví homens e mulheres mendigando um pedaço de pão, pão de justiça, pão de paz, pão de amor, pão de restituição, mas o que restou foi somente a solidão, e ninguém capaz de sanar a perdição. A rua da vida, ela não tem volta é apenas um enigma, que jamais será compreendida pelo o simples mortal. O tempo responde muitas perguntas.

By,

Elizaete

segunda-feira, março 30, 2009

LUTO

Luto, por perder uma rosa do meu jardim. Talvez eu não soube amar, ou me expressar de maneira coerente, mas de uma coisa tenho certeza, o meu amor é verdadeiro, como poderia simular um sentimento, se ele verdadeiramente não existisse? seria uma das mais frias criaturas, que não possuem alma e nem pudor. Nenhuma rosa é igual, cada uma possuem o seu valor. Me tirou o sorriso e pôs no meu peito a dor...como poderei seguir sem o teu carinho e o teu amor.

Na Longa estrada da vida te cansas!?!!

Não se preocupe há sempre uma parada para recobrar o ânimo. Há sempre caminhos para trilharmos e todos eles tem direções diferentes. Escolha o que faz parte dos teus sonhos.

AMO CAVALGAR

Esse dia só não foi perfeito, porque o camarada pangaré não é era um manga larga marchador.
Flores, à todos os que desejam me o bem, flores à todos os amores, flores sempre flores tem, aqueles que não amam ninguém, flores sejam, para que um dia seja assim o seu jardim também.

A VIDA É FEItA DE MOMENTOS SIMPLES E MARCANTES

São momentos como este, que faz a vida valer a pena. Ninino

O Tribunal de Cristo

2 Coríntios 5:10 - Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.

Todas as vezes que me pego a pensar nas coisas que Deus reservou para a Sua Igreja, meu coração palpita sem parar. De fato, a esperança do cristão é incomparável, e dentre as tais, encontra-se o dia em que todos nós iremos comparecer perante o tribunal de Cristo.

Quando ouvimos esta expressão, num primeiro momento chegamos a pensar: "Eu comparecer perante um tribunal?". Sim, a Igreja Fiel irá comparecer perante ele. E qual o propósito desta ocasião: julgar a cada um segundo as suas obras, não para confirmar a salvação, mas para entrega dos nossos galardões.

Isso me deixou muito feliz. Deus é profundamente justo. Pela graça de Cristo, Ele salvará a todos os que crêem em Seu Filho. E dentre estes, os que se comprometeram mais com Sua obra, com a evangelização dos perdidos e com a edificação da Igreja Cristã, Ele reservou uma recompensa celestial. O que é esta recompensa? Só saberemos de fato quando estivermos lá!

Portanto, seja fiel! Trabalhe incansavelmente para o Pai e permita que Ele use sua vida para transformar a de muitos!

Deus te abençoe!

sábado, março 28, 2009

Eu dormia, mas o meu coração velava; e eis a voz do meu amado que está batendo: abre-me, minha irmã, meu amor, pomba minha, imaculada minha, porque a minha cabeça está cheia de orvalho, os meus cabelos das gotas da noite. Cantares 5:2

E em Gibeom apareceu o Senhor a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus: Pede o que queres que eu te dê. I Reis 3:5

O SONHO DO MEU CORAÇÃO NASCEU PRIMEIRO NO CORAÇÃO DE DEUS.
O MEU CORAÇÃO VELA POR TI ENQUANTO EU DURMO.

MEU AMADO!

sexta-feira, março 27, 2009

Deus te quer sorrindo...

Deus te quer sorrindo...

Deus está aqui neste momento.
Sua presença
é real em seu viver.
Entregue sua vida, seus problemas.
Fale com Deus.
Ele vai ajudar você!
É Ele o autor da fé,
Do princípio ao fim
De todos seus momentos.

E ainda se vier, noite traiçoeira,
Se a cruz pesada for,
Cristo estará contigo
O mundo pode até fazer você chorar

Mas Deus te quer Sorrindo

Seja qual for o seu problema
Fale com Deus, ele vai ajudar você,
Após a noite sempre vem o dia.,
Deus é amor, não te deixará sofrer!

DEUS DISSE QUE VOCÊ É UM SUCESSO!

DEUS DISSE QUE VOCÊ É UM SUCESSO!
Vc é uma benção.Um dia vc irá olhar por todas as dificudades que
enfrentou e verás que elas foram essenciais , pois o fizeram chegar
ao topo.Não se esqueça vc nasceu para ser grande de maneira que
ninguem irá acreditar.
Deus tem muitas promessas em sua vida e tem pressa para que sejam
cumpridas. Deus é o mais interessado em sua vitória.
Creia e confie.
Ainda que vc não possa ver,
há uma mão forte te segurando...
Há um olhar de alguém superior que te ama ...
Há anjos poderosos te protegendo,
Há um DEUS TODO PODEROSO aplainando teu caminho.
Um pouco mais a frente vc irá sorrir, a alegria do sabor da
vitória...
A tua grande vitória. Aquela que você mais espera está chegando
creia nisto é de Deus este Negócio.

REFLITA NESTA PALAVRAS‏

Vejo que choras. Sabe que escuto. Acalma-te
pois sei qual a causa e a cura estou contigo. O que é passado morreu, para mim não importa quantos passos vc deu para trás e sim quantos dará para frente, porém serei contigo, agora você permitiu que eu andasse ao seu lado
Vou te ajudar, Tu és a coisa mais rara do mundo
Tu chegaste, trazendo como criança, a mensagem de que eu ainda não estou desanimado com homem. Duas células, unidas agora em milagre
Dei-te o poder de pensar,de amar, criar, planejar,falar, orar. Meu orgulho em ti não conheceu limites. Usa com sabedoria o teu poder de escolha
Escolhe amar, em vez de odiar
Escolhe perseverar,em vez de desistir
Escolhe curar,em vez de ferir
Escolhe viver,em vez de morrer
Desfruta este dia, hoje e amanhã, procuras tanto milagres, sendo que TU ÉS O MAIOR MILAGRE DO MUNDO. TU ÉS FILHA AMADA

QUERIA EXPRESSAR QTO É MARAVILHOSO‏

Queria poder expressar o quanto é maravilhoso
este sentimento da amizade.
É tão valioso e brilhante, feito um laço invisível
que une almas !
Mas, não consigo achar palavras para dizer,
o quanto um amigo é especial ...
Um tesouro que guardo com todo carinho
dentro do meu coração.
Uma jóia rara que não encontro em
Qualquer lugar.
Então só me resta escrever isso:
"Obrigado, por me deixar
Ser sua amiga !
QUE DEUS LHE ABENÇÕE SEMPRE, SEMPRE.

A coisa mais linda que Jesus tem

A coisa mais linda que Jesus tem
é que Ele acredita em você,
Ele o ama.
Não importa por quais caminhos você transitou,
Ele nunca deixou de amar você.
Não importa quantas vezes você O traiu,
Ele nunca deixou de amá-lo.
Não importa que as pessoas digam que você não presta.
Para Jesus, você presta,
você vale muito.
Ele não quer que você continue
naquela "vidinha" espiritual medíocre.
Ele quer que você acorde, que você desperte,
ele te ama do fundo do seu coracao
e uma vida eterna ele que te dar.
OS OLHOS DO SENHOR ESTAO EM
TODOS OS LUGARES AGRADA O SENHOR

E ELE REALIZARA OS DESEJOS DO SEU CORACAO....

Não importa onde você parou

Não importa onde você parou…
Em que momento da vida você cansou…
O que importa é que sempre é possível recomeçar.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
É renovar as esperanças na vida e, o mais
importante:
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período? Foi aprendizado…
Chorou muito? Foi limpeza da alma…
Ficou com raiva das pessoas?
Foi por perdoá-las um dia…
Sentiu-se só diversas vezes?
É porque fechaste a porta até para os anjos…
Acreditou q tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora…
Onde vocêc quer chegar? Ir alto?
Sonhe alto Queira o melhor do melhor
Se pensarmos pequeno Coisas pequenas teremos…
Mas se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente,
lutarmos pelo melhor.
O melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura

SONHOS

Nunca desista de seus sonhos...
Para um José sonhador:
Deus têm uma cadeira de Governador;
Para um Jacó que luta com o anjo:
Deus têm um novo nome de Vencedor;
Para uma Ana perseverante:
Deus têm um menino Profeta;
Para um Davi guerreiro e ungido:
Deus tem a pedrinha que nunca Erra;
Para um Moisés obediente:
Deus têm um cajado que abre o mar;
Para três jovens corajosos:
Deus têm um passaporte para dentro do fogo passear;
Para quem têm sonhos:
Deus têm Realização;
Para quem têm Fé:
Deus têm sua poderosa mão;
Para quem têm Esperança:
Deus têm honra e Restauração:
Para quem luta e não recua:
Deus têm a unção de Campeão !

quinta-feira, março 26, 2009

Apenas uma nota do amor

Aprendi que o amor é poderoso, e que nunca devemos abandonar quem nós amamos, mesmo que haja controvérsias, ou certezas incertas, a cartada final quem dá é o dono do amor, aquele que criou a fórmula mais poderosa de todas as armas. Nenhuma insegurança é pário para o poderoso antídoto, o impossivel se torna possivel, e o final sempre será feliz. Toda vitória, teve batalha, ninguém luta sem guerra e ninguém vence sem não lutar.
Eu luto e não desistirei de amar. Se um dia isso acontecer, deixarei de respirar.


By,

Elizaete Ribeiro

quarta-feira, março 25, 2009

O piloto e o pequeno príncipe

O piloto e o pequeno príncipe

"O pequeno príncipe": obra que contém todo o pensamento e a "filosofia" de Saint-Exupéry. (Reprodução)

Em 2000 celebrou-se o centenário do nascimento de Antoine Saint-Exupéry, com atividades que incluem exposições, sites da internet e a reprodução das viagens que lembram as rotas de navegação aérea que ele ajudou a traçar. Sem dúvida este aviador, tanto de guerra como civil, é um interessante personagem da história, não só por ser um pioneiro da aviação como porque, paralelamente a essa ocupação, foi um escritor de grande sensibilidade, com uma delicada preocupação com o sentido do humano e da existência. Saint-Exupéry se transformou num dos autores importantes da literatura francesa e universal do século XX.

Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger de Saint-Exupéry nasceu em 29 de junho de 1900, em Lyon, França. Filho de Jean-Marie Saint-Exupéry e Marie Boyer de Fonscolombe, foi o terceiro de cinco irmãos de uma família aristocrática empobrecida. Seu pai morreu quando Antoine tinha 4 anos e ele ficou sob os cuidados de sua mãe. A situação econômica da família nem sempre era boa. Por isso, passou a infância entre o Castelo da Molê, propriedade de sua avó materna, e o castelo Saint-Maurice-de-Remens, perto de Ambérieu, de sua tia. Desde pequeno freqüentou escolas cristãs, como o Colégio Notre Dame de Saint-Croix, de jesuítas, onde o nível de exigência e a disciplina rígida eram as características fundamentais e às quais Antoine nunca se adaptou completamente. Recebeu muitos castigos por sua falta de interesse nos estudos e pela desordem em que mantinha sua carteira.

Na infância e na vida adulta a imagem de sua mãe ocupou um lugar fundamental. A extrema sensibilidade para a arte lhe foi inculcada por ela, que foi um ser humano excepcional, amante da pintura, da literatura e da música. Acostumou os filhos, desde uma idade tenra, a apreciarem obras de arte, a lerem e a compreenderem a beleza de uma melodia com o corpo e a alma. Para Antoine, sua mãe sempre representou uma imagem de paz, de calma, de apoio incondicional até nos piores momentos, como ele mesmo revelou em dezenas de cartas dirigidas a ela.

Aos 16 anos Antoine descobriu a poesia e se maravilhou com diferentes autores. Escreveu alguns versos. Mas seu maior sonho era fazer parte da Armada Francesa e para isso precisava fazer um exame difícil para entrar para a Escola Naval. Em 1919 foi reprovado e seu sonho se frustrou. Foi a primeira grande desilusão de sua vida.

"Saint E" o piloto

O entusiasmo de Antoine pelos aviões começou durante sua estada no castelo Saint-Maurice-de-Remens, perto do qual havia um pequeno campo de aviação. Saint-Exupéry se sentiu atraído pelo ambiente de camaradagem que havia entre os pilotos e mecânicos. Sempre que podia ia para lá, para ver os aviões decolarem ou aterrissarem e para observar o trabalho que os mecânicos faziam nas aeronaves. Depois de sucessivas visitas ao campo de aviação, conseguiu seu objetivo de ser convidado a fazer um pequeno vôo, que o deixou maravilhado. Este fato marcou o nascimento e o fortalecimento de sua vocação para a aviação.

Depois do fracasso em entrar para a Escola Naval e de um período sem objetivos claros na vida, no qual desempenhou diferentes atividades, foi chamado a cumprir o serviço militar (2 de abril de 1921). Com isso sua vida tomaria um rumo definitivo. Alistou-se no 2º regimento de Aviação de Caças em Neuhof, perto de Estrasburgo. Na primeira etapa, foi designado para trabalhos em terra, o que o deixou muito desiludido. Em carta a sua mãe afirma: "Só você sabe como é grande meu desejo de voar". Seu objetivo de se tornar um piloto foi alcançado depois de nove meses de instrução (tomando aulas particulares), com o que conseguiu se transformar em piloto civil. No exército, fez seis meses de instrução em Rabat, para conseguir o diploma de piloto de guerra e a patente de segundo-tenente.

Um grave acidente pôs fim a sua primeira etapa como piloto de guerra e, depois de um período de recuperação, deu início a sua fase como piloto civil. Integrou-se à empresa aérea Latécoére, que posteriormente se chamou "Empresa Geral Aeropostal". Nessa empresa, a influência de Didier Durant (chefe da companhia) foi determinante, como também a relação com outros pilotos legendários da aviação, como Jean Mermoz e Henri Guillaumet. "Saint Ex", como era chamado por seus amigos, realizou um importante trabalho como piloto na Europa, no norte da África (fazia a rota Paris-Dakar) e na América do Sul, onde estabeleceu as primeiras rotas aéreas entre o norte do Brasil e Buenos Aires, e entre esta cidade e Punta Arenas, no sul do Chile.

Uma forte atração pelo risco levou Saint Ex a realizar perigosas ações de resgate de aviões da empresa que haviam caído no deserto do Saara e a fazer diversas tentativas para quebrar os recordes de tempo de vôo entre Paris e Saigon e entre Nova York e Punta Arenas (Terra do Fogo). Nesta rota, sofreu um acidente que quase lhe custou a vida e o deixou fora da aviação por algum tempo.

Voltou à aviação quando começou a segunda guerra mundial. Antoine se colocou à disposição da força aérea francesa, que o nomeou capitão, e foi enviado para Toulouse, para finalmente prestar serviços no esquadrão 2/33 de reconhecimento em Orconte, na província de Champagne. Com o armistício assinado pela França em 1940, Saint-Exupéry se exilou nos Estados Unidos e, quando este país ingressou na guerra, se alistou sob o comando dos americanos, disposto a pilotar os Lightning P-38. Embora inicialmente proibido de voar (por sua idade, muito acima do limite permitido para esses aviões, e por problemas físicos), usou de todas as suas influências para superar a proibição e, depois de sete semanas de treinamento, pilotar o avião na primeira das oito missões que realizou.

Sua última missão de reconhecimento, sobre Grenoble e Annecy, foi em 31 de julho de 1944 às 8h45m da manhã. "Saint Ex" não voltou à base. Em 3 de novembro, em homenagem póstuma, recebeu as maiores honras do exército.

Para Antoine, voar era mais do que pilotar um avião. Era também um momento de meditação, um momento de reflexão. Durante suas missões pensava sobre a solidão, a amizade, o significado da vida, a condição humana e a liberdade, reflexões que se transformaram em artigos e livros de grande sucesso.

Saint-Exupéry o escritor

A obra de Antoine se caracteriza por certos elementos em comum. Em obras como O aviador (1926), Correio do sul (1929), Vôo noturno (1931), Terra de homens (1939) e Piloto de guerra (1942), podemos perceber como a forte influência da aviação e da guerra, com seus personagens e situações, marcou o interesse literário do escritor francês. Da mesma forma, escreveu uma série de artigos para diferentes revistas e jornais franceses e estrangeiros sobre diversos assuntos, como a guerra civil espanhola e a ocupação alemã da França. Mas uma de suas obras mais divulgadas tem características diferentes e especiais. O pequeno príncipe (1943) nasceu durante o exílio de Saint Exupéry nos Estados Unidos e para muitos que conheciam a obra literária de Antoine era difícil imaginar que um livro assim fosse escrito por um homem de ação.

O pequeno príncipe é uma obra aparentemente simples, mas apenas aparentemente. É profunda e contém todo o pensamento e a "filosofia" de Saint-Exupéry. Apresenta personagens plenos de simbolismos: o rei, o contador, o geômetra, a raposa, a rosa, o adulto solitário e a serpente, entre outros. O pequeno príncipe vivia sozinho num planeta do tamanho de uma casa que tinha três vulcões, dois ativos e um extinto. Tinha também uma flor, uma formosa flor de grande beleza e igual orgulho. Foi o orgulho da rosa que arruinou a tranqüilidade do mundo do pequeno príncipe e o levou a começar uma viagem que o trouxe finalmente à Terra, onde encontrou diversos personagens a partir dos quais conseguiu descobrir o segredo do que é realmente importante na vida. É uma obra que nos mostra uma profunda mudança de valores, que ensina como nos equivocamos na avaliação das coisas e das pessoas que nos rodeiam e como esses julgamentos nos levam à solidão. Nós nos entregamos a nossas preocupações diárias, nos tornamos adultos de forma definitiva e esquecemos a criança que fomos.

Há obras que, de alguma forma, são capazes de transformar o leitor. Esta é uma delas, que transmite também uma experiência muito particular: não importa quantas vezes lemos O pequeno príncipe, sempre nos deparamos com um livro "diferente", no qual descobrimos um dado inédito e do qual retiramos mais um ensinamento que nos convida a viver de uma forma nova e melhor.

Carta para o Pequeno Príncipe....Imperdível...

Carta para o Pequeno Príncipe....Imperdível...

Recebi esta "Carta para o Pequeno Princípe" de uma colega e a achei magnifíca, não apenas por ser apaixonada pelo Pequeno Princípe, mas porque podemos refletir acerca das pessoas que estão ao nosso redor e como elas podem nos prejudicar (de certa forma) diante de tanta carência afetiva. Estas pessoas precisam de ajuda de amigos (que nem sempre tem paciência, já que tal comportamento acaba por afastar quem está próximo) e de um profissional qualificado. Não sei de quem é a autoria, sei apenas que vale a pena parar por alguns minutinhos, ler e refletir. Boa leitura. Abraços.
Nossa, há quanto tempo...Como vão as coisas no seu pequeno planeta? Aqui, no meu, andam imensamente estranhas_ muito baobá para pouca flor, se é que você entende meus simbolismos.

Quem sempre fala de você é aquela ex-miss que vivia chorando por sua causa lembra? Ela me contou da sua amizade com a Raposa.

Príncipe, como você é meu amigo de infância, não posso deixar de alertá-lo. Cuidado com a Raposa. Ela parece uma coisa, mas é outra. Faz-se de fofa e é uma cobra, uma chantagista.

Quando a conheci, ela disse que não podia conversar comigo, pois não sabia quem eu era. “A gente só conhece bem as coisas que cativou”, ela falou, toda insinuante.
Respondi que, se nós duas nos cativássemos, ela ficaria triste quando eu fosse embora. Foi quando saquei que ela queria ter um cacho comigo, pois a Raposa pegou no meu cabelo_ eu estava loira na época_ e disse que tudo bem, porque ela olharia os campos de trigo e se lembraria de mim.
Marcamos um encontro para o dia seguinte,ás 4. E ela me pediu para chegar ás 4 em ponto, dessa forma ela ficaria feliz desde ás 3 somente por esperar o momento do nosso encontro. Achei estranho, mas pensei que fosse charme. Não era.
Cheguei 15 minutos atrasada e a Raposa surtou. Falou que nós somos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. E perguntou para mim, olhando diretamente nos meus olhos, se eu tinha consciência de que “perder tempo” com o outro é o que faz essa história importante.Percebeu o tom da chantagem? Ela joga na cara tudo o que faz em nome do outro. Ela deseja afeto, mas o quer como uma responsabilidade de mão única. Porém, também somos responsáveis quando nos deixamos cativar_ relacionamentos são vias de mão dupla.

A Raposa exige a certeza de um compromisso com hora marcada, impondo regras á troca afetiva. As regras dela, claro, já que ela quer todo o afeto a favor do seu bem- estar. Chega a ponto de dizer que será feliz porque você virá. Como se a felicidade fosse algo condicionado ao outro, á espera do outro, ao encontro com o outro. Veja que coisa infantil. São as crianças que precisam de horários certinhos e de associar suas emoções ás pessoas com quem se relacionam. Sentindo prazer ou desprazer diante da ausência ou presença da mãe ou do pai ou de quem quer que seja. Na criança, ainda não há um universo interior, entendeu? Quando nós crescemos, temos de conseguir ver o mundo através das nossas perspectivas, Enxergar a beleza de um trigal sem nos lembrarmos de ninguém.

A Raposa, como uma criança assustada, quer que aqueles que a amam estejam com ela na hora em que ela deseja. Achando que eles são “responsáveis” pela felicidade dela. Ou seja, o outro lhe deve algo por tê-la cativado.

Desde esse dia, não falo mais com ela. E aconselho você a fazer o mesmo. Ela não é flor que se cheire. Saudades distantes.
(Autoria desconhecida)

terça-feira, março 24, 2009

SALMOS 143

1 Ó SENHOR, ouve a minha oração, inclina os ouvidos às minhas súplicas; escuta-me segundo a tua verdade, e segundo a tua justiça.
2 E não entres em juízo com o teu servo, porque à tua vista não se achará justo nenhum vivente.
3 Pois o inimigo perseguiu a minha alma; atropelou-me até ao chão; fez-me habitar na escuridão, como aqueles que morreram há muito.
4 Pois que o meu espírito se angustia em mim; e o meu coração em mim está desolado.
5 Lembro-me dos dias antigos; considero todos os teus feitos; medito na obra das tuas mãos.
6 Estendo para ti as minhas mãos; a minha alma tem sede de ti, como terra sedenta. (Selá.)
7 Ouve-me depressa, ó Senhor; o meu espírito desmaia. Não escondas de mim a tua face, para que não seja semelhante aos que descem à cova.
8 Faze-me ouvir a tua benignidade pela manhã, pois em ti confio; faze-me saber o caminho que devo seguir, porque a ti levanto a minha alma.
9 Livra-me, ó Senhor, dos meus inimigos; fujo para ti, para me esconder.
10 Ensina-me a fazer a tua vontade, pois és o meu Deus. O teu Espírito é bom; guie-me por terra plana.
11 Vivifica-me, ó Senhor, por amor do teu nome; por amor da tua justiça, tira a minha alma da angústia.
12 E por tua misericórdia desarraiga os meus inimigos, e destrói a todos os que angustiam a minha alma; pois sou teu servo.

segunda-feira, março 23, 2009

O AMOR É INEXPLICÁVEL

O amor é inexplicável, é feito de pequenas particulas poderosas, tem um efeito bombastico, não há limites para ele, tudo alcança e compreende, vai além da razão humana, tem o poder de transformar e mudar situações, é a grande vela motora da vida, uma vía de mão dupla, um encontrar contínuo. Desabrocha como os lírios do campo em tempos de chuvas, tem beleza natural, sua exuberância é encontrada nos pequenos frascos, não habita em palácios, nem no orgulhoso e no soberbo, mas na simplicidade da flor, num toque de mãos, num olhar apaixonado, nos lábios sedentos e desejosos, é surpreendente, marcante como fragância, marca lugares, gestos...
Quem ama, alcança o maior tesouro, o mais desejado de todos. A arte de amar, o próprio amor.

QUEM PASSAOU PELA A VIDA E NÃO AMOU, NÃO VIVEU APENAS NASCEU E MORREU,
PORQUE AO AMOR NÃO SE DEU. POBRE ALMA PELEGRINA, TRISTE É A SUA SINA.

By,

ELIZAETE

quinta-feira, março 19, 2009

A beleza de uma Canção


A vida é uma canção, uma das mais belas que o criador compõs, criou a beleza do céu, como um toque de pincel, nas notas músicais, colocou a sua paz, no ar, um respirar, no vento, um acalento, suave toque, na imensidão sem limites, estabeleceu termos, mas despensou toda a sua glória para criar eu e você, no seu livro escreveu a canção das nossas vidas, e aonde era ponto final, colocou uma vírgula, e transformou numa canção chamada amor. Uma das mais belas melodias, ele tocou, quando eu e você formou.

Belo criador, lindo e maravilhoso, com o toque de suas mãos ele tudo formou...

By,

Elizaete

De volta pra casa (no trem)

São Paulo, 19 de janeiro de 2009

No pueril do amanhecer, longas horas, ver o mar indo e voltando, as altas ondas baixando, o céu sem estrelas esperando o dia novo surgir, começar tudo de novo, ondas indo e voltando, e as conchas do mar na areia ficando. Um timlitar anunciando, uma nova ressaca na brisa do mar, o bramido das muitas águas, agente assustar. Uma vez um poeta me disse o doce amargo de amar, é como as ondas do mar, devasta tudo que pode achar. No pueril do amanhecer, tudo pode acontecer, mas nunca deixar de amar. fica as ondas indo e voltando, na espera de um dia te encontrar, se tu pudesses me achar, descobriria o segredo do mar, como no pueril que nunca é tárdio, seria assim me amar

By,

Elizaete

Pôr - do - Sol

Na minha imaginação, Toco o sol, Beijo a lua, Descansando a teus pés...Lambo a doçura dos sonhos, Acaricio as tuas palavras E quero-te como não sei dizer! No invisível do meu ser Digo não dizendo, Quero não querendo, Numa mistura silenciosa, Repetida num mundo de silêncio, Pleno de sentimentos contraditórios! E neste meu pôr do sol Fecho os olhos e espero, Em instantes plenos de acaso, Que me penetres, Numa frescura de paixão, Os instantes de raiva por te não ter!


Por,

Goretidias

segunda-feira, março 16, 2009

Melodia da Alma

Numa melodia feita sons de alma
Escuto os teus olhos,
Toco-te a pele nua,
Repito nos meus dedos o calor dos teus!
Pinto incompreensões de sentidos,
Desmedidos,
Enlouquecidos ...
Na inocuidade das palavras sopradas,
Em ventos de sol,
Voo ao teu encontro,
Enfrento a distância,
Para ser intensamente tua!

E na delicadeza das tuas mãos,
E na doçura dos teus lábios,
Tentadoramente ausentes,
Deslizarei por ti
Qual brisa de mel
Destilando suores apetecidos!...

Por,

Goretidias

Abraço de décadas

Nas garras afiadas da saudade,
Mata-me o real da ausência,
Partículas perdidas de ti,
Poros e magias,
Sustos e luas suspensos nos teus dedos.

Convivo com sonhos e asas azuis,
Toques surreais,
Almas sem face,
Estrelas brancas em negras noites,
Distâncias acordando o Tempo.

Esfumo a vida,
Corro à desfilada por entre canaviais,
Perfumes sem cheiro,
Ácidos sem queimor,
Entrelinhas de sentidos desencontrados.

E num dia de um século por inventar,
Ressuscito o Amor,
Levo à sepultura a saudade,
Queimo a distância
E acolho-me no abraço das décadas!

por,

Goretidias

quinta-feira, março 12, 2009

QUAL É O PREÇO DO MEU SONHO?

Sonhei com ele a vida toda, quando eu encontrei, levantou-se uma muralha, interpôs entre mim e ele, o sonho não pode ser frustado, clamamos aos céus por socorro! será que o preço do meu sonho é a dor? uma dor que arrebenta o peito e invande a alma, e a arranca suspiro dos meus sentimentos, inflamando meus sentimentos ao sofrimento, qual é o preço do meu sonho?
Ou será que sonhei demais? Eu não pedi para amar, mas amei....qual é o pai que não quer ver seus filhos felizes, ou será que o amor tem preço?