E-BOOK MENINAS SUPER POÉTICAS

terça-feira, julho 28, 2009

Acordei


Acordei com a poesia na alma
Com doce calma desejei tocar-te
Quantos canções será preciso Tocar para te alcança?
Uma composição
Um tom
Um acorde
Oh doce melodia!
Ver o dia acordar num bocejar prazeroso
Os raios de sol são os olhos que se abrem
Como desejar te um olá se longe dos meus olhos tu estás?
Longa distância meus sonhos te alcança
Inebriante sensação
És o meu bem maior
Um tesouro só
Três em um
Uma beleza sem tamanho
Foi apenas um sonho?
Não sei
Sei apenas que existo
E sou real

By,

Elizaete Ribeiro

domingo, julho 26, 2009

Retrato

Sou o retrato que a vida pintou,
e a dor que o mundo esqueceu...

By,

Elizaete Ribeiro

AQUELE LUGAR

Lembro daquele lugar
Daquela terra de ninguém
Perdida no tempo
Aquecida pelo o vento
Aquele lugar estar
Gravado na mente
No subconsciente
Posso ouvir o barulho das folhas secas
O cantar dos pássaros
O rosto pacato
Perdido no anonimato
Sem roteiro
Sem Cheiro

Lembro daquele lugar
Não sei como chegar
Na lembrança estar
Aquela lugar

By,

Elizaete Ribeiro

terça-feira, julho 21, 2009

Expectativa

Por um momento tentei ouvir o sussurro da tua voz
Mas todos os meios foram bloqueados
Que Deus guarde as minhas emoções

By,

Zazá Rib

Versos

Passando pela a rua apenas chorei ao reverso dos versos dos versos que encontrei

By,

Zazá Rib

Lágrima

Quando uma lágrima chega a rolar é porque uma decisão foi tomada, talvez ainda não anunciada.

By,

Zazá Rib

Recuperar

Eu tive medo, deixei de amar
Eu tive medo, deixei de tentar
Eu tive medo, deixei de lutar
Eu tive medo, apenas tive medo
Quando fui a luta, não deu mais...
Eu tive medo, e fiquei sem amar


By,

Zazá Rib

“Há sempre um novo amanhecer.”
Uma vida nova, um novo tentar
Uma saída certa.

By,

Zazá Rib

O Sertão

O sertão
Não está só no sertão
O sertão
Está em vários lugares

By,

Zazá Rib

Aurora

Se um dia a tarde cair, e o dia for embora
Não chore pela a aurora
Porque ela há de se repetir


By,

Zazá Rib

Sensibilidade

Pra ver se há em ti alma de poeta

E porque o teu belo sorriso admirei

Você consegue me descrever com palavras

Isso é mais forte do que um toque

Gostaria de abraçar – te agora

Eu tenho o melhor pra você e carrego o

Maior amor do mundo



by,


Zazá Rib

MUITAS VEZES

Muitas vezes eu desejei ficar quietinha e não ouvir nem se quer um sussurro, hoje me senti assim outra vez, a sensação de perder o chão, mas ao contemplar pela a janela o Ipê roxo que havia perdido todas as suas folhas e flores, observei que aqueles galhos secos dançavam com o toque do vento e transmitia alegria e satisfação, eu me emocionei, e ví que nem no inverno as árvores perdem sua alegria, e que elas dançam e louvam ao criador por mais um dia, ainda que seus galhos perdam a beleza, ainda que o inverno leve suas flores, e o perfume delas, as suas raizes regojizam na terra que as sustentam. Que lição eu aprendi hoje! olhei pro meu coração, e o ví sedento por amor, olhei para dentro de mim, e ví que o inverno invadira a minha alma, e tomou o brilho dos meus olhos, e tentou levar os sonhos, mas lembrei das maravilhas de Deus e todas as suas promessas, respirei fundo, ergui a cabeça e disse Carpe Diem, a beleza do dia de hoje nunca mais tornará.

By,

Zazá Rib