E-BOOK MENINAS SUPER POÉTICAS

quarta-feira, setembro 30, 2009

Inexplicável

ki saudade de ti fecho os olhos e lembro do teu olhar,
vejo a tua imagem firme e charmosa, como é bom sonhar!...as vezes tem saudade que nos traz um certo ar de querer, um desejar inexplicável...


By,

Elizaete Ribeiro

Lembrança

...apaixonada pela a tua lembrança, ah! como me encantas......a cada suspiro, um ar de saudade...se tu não vens, ah como sofro! imaginando, sonhando, querendo e suspirando...matar a saudade...quando?...não sei, só sei que sei, que sinto tua ausência, tua falta, tua querência...por aonde andas?
Dissestes adeus e não me avisastes?

By,

Elizaete Ribeiro

Vento de Saudade

..o vento me golpeia, me beija a face... me traz um recado, me deixa a saudade...turbilhões de pensamentos dispersam com o vento...

By,

Elizaete Ribeiro

Acaso

...frutos do acaso ou frutos da coincidência? Se é que existe um ou outro...só sei que a saudade ficou...

By,

Elizaete Ribeiro

Adeus sem voz

...Quero que minhas palavras mudas te alcance com um sussurro silencioso e toque a sensibilidade do teu coração, e aguce o teu pensamento...
...eu entendo a ausência como uma forma de dizer adeus silenciosamente sem que os lábios balbucie palavra alguma, sem uso da pena e da tinta...um adeus sem voz...resta a saudade e a esperança...

By,

Elizaete

EU

Eu sem você sou um eu sem mim,
é um misto de distância e incostância,
um balancear sem ritmo!

By,

Elizaete

Off

Expectativa diária, o sorriso some quando Off não tem...
...manhã de saudade...as vezes penso que essa saudade é o fruto do adeus...

By,
Elizaete Ribeiro

sexta-feira, setembro 04, 2009

SIMPLES


As vezes saudade tem beleza,
me arranca suspiros
Lembro do jeito quieto
de uma calma intrigante
...simples foi o momento
mas eterno ficou
São assim as coisas simples da vida
sem glamour, sem holofotes
Debaixo de um céu belo
Estrelado, enluarado
um cenário perfeito,
uma eterna lembrança
As vezes esse sonho me alcança
lembrança de você
Simples o momneto
deixou saudade...


De mim por mim mesmo (Elizinha)