E-BOOK MENINAS SUPER POÉTICAS

sexta-feira, julho 17, 2015

Na calmaria do campo


Na calmaria do campo
Observar a vida por uma óptica nua, desprovida de qualquer ilusão é tênue.
O balançar da vida é muito mais que o soprar do vento.
Sonhar sem adormecer é viver a realidade de olhos abertos.
Neste vai e vem de pensamentos, vivo o momento, observando a natureza envolta de beleza.


Elizaete Ribeiro